sicnot

Perfil

Desporto

Super Dragões rejeitam intenção de "molestar" árbitro Jorge Ferreira

A claque Super Dragões, de apoio ao FC Porto, rejeitou hoje, em comunicado, qualquer intenção em molestar o árbitro Jorge Ferreira, contrariando as queixas deste, tornadas públicas pelos seus advogados na terça-feira.

Claque do FC Porto.

Claque do FC Porto.

SIC

"Como é mais do que evidente, Jorge Ferreira pode estar absolutamente tranquilo, pois jamais nos passou pela cabeça molestá-lo, bem como a sua família ou amigos", refere a nota, publicada na rede social Facebook.

A direção dos Super Dragões rejeita ver o seu nome associado a este tipo de situações e avisa: "Caso se confirmem as diversas queixas que vamos ouvindo e lendo, até agradecemos que as mesmas subam alguns degraus, e que o senhor árbitro peça junto da Polícia Judiciária que o seu telefone fique sob escuta, não vá existir alguém que se faça passar por nosso elemento e o incomode".

O árbitro Jorge Ferreira, da Associação de Futebol de Braga, emitiu um comunicado terça-feira, assinado pelos seus advogados, em que se queixa de intimidação e se diz ameaçado na sequência da presença de elementos da claque Super Dragões, afeta ao FC Porto, no restaurante do seu pai, em Fafe.

O juiz foi alvo de muitas críticas desde que assinalou uma grande penalidade a favor do Benfica, sexta-feira, em Paços de Ferreira, da qual resultou o segundo tento 'encarnado', que desempatou o encontro (1-3, resultado final), aos 45+2 minutos.

Lusa

  • Conselho de Arbitragem pede proteção policial para Jorge Ferreira
    1:51

    Desporto

    O Conselho de Arbitragem pede proteção policial para Jorge Ferreira. O árbitro de Braga queixa-se de coação e ameaças de elementos do Super Dragões. Pinto da Costa diz que não sabe de nada e aproveitou para fazer mais um ataque ao Conselho de Arbitragem e à forma como são nomeados os árbitros para os jogos do campeonato.

  • Super Dragões negam intimidação a árbitro
    2:00

    Desporto

    Elementos da claque do Futebol Clube do Porto estiveram no restaurante do pai de Jorge Ferreira, que arbitrou o último Paços de Ferreira - Benfica. A GNR acabou por ser chamada por não ter sido disponibilizado o livro de reclamações. A claque nega qualquer tipo de intimidação ao proprietário.

  • "Os árbitros não têm quem os defenda"
    2:17

    Tempo Extra

    Rui Santos diz que o sistema pelo qual se rege a arbitragem em Portugal está caduco.O comentador da SIC diz que os árbitros não se protegem e que ninguém protege os árbitros. No Tempo Extra, Rui Santos falou ainda do caso da ida de elementos da claque do FC Porto ao restaurante do pai do árbitro Jorge Ferreira.

  • Pinto da Costa não poupa arbitragens de Jorge Ferreira
    1:06

    Desporto

    O presidente do FC Porto diz que desconhece a polémica visita de elementos dos Superdragões ao restaurante do pai de Jorge Ferreira. Pinto da Costa diz que se desmarca sim de arbitragens como a do juiz de Braga, que arbitrou o jogo do Benfica em Paços de Ferreira.