sicnot

Perfil

Desporto

Polícia italiana detém centenas de adeptos antes do Lazio-Galatasaray

Centenas de adeptos foram hoje detidos em Roma e mais tarde libertados, depois de confrontos violentos antes do jogo entre a Lazio e o Galatasaray, da segunda-mão dos dezasseis-avos-de-final da Liga Europa de futebol.

Os adeptos do Galatasaray a serem travados pela polícia italiana.

Os adeptos do Galatasaray a serem travados pela polícia italiana.

MASSIMO PERCOSSI

MASSIMO PERCOSSI

MASSIMO PERCOSSI

MASSIMO PERCOSSI

MASSIMO PERCOSSI

MASSIMO PERCOSSI

Segundo as informações já veiculadas pela polícia e pela imprensa local, os casos mais graves foram os de um adepto turco, esfaqueado numa nádega, que teve de ser internado, e o de dois proibidos de aceder ao estádio por posse de "importantes" quantidades de substâncias ilícitas.

O jogo entre a equipa de Roma e a de Istambul era de alto risco, um ano depois das claques do Feyenoord terem provocado danos de milhões de euros em monumentos históricos da capital italiana.

Já na noite de quarta-feira se tinha assistido aos primeiros confrontos, disse a polícia, que terá controlado e depois libertado cerca de 200 adeptos do Galatasaray.

Segundo o site do Gazzetta dello Sport, perto de 300 turcos iniciaram festejos com pirotecnia e fumígenos na Piazza Popolo, um dos locais de encontro perto do Estádio Olímpico.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49