sicnot

Perfil

Desporto

Justiça da FPF reenvia queixa do Sporting para Conselho de Disciplina

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu anular parcialmente o acórdão do Conselho de Disciplina (CD) e obrigar aquele órgão à reapreciação da queixa apresentada pelo Sporting contra jogadores do Benfica por comportamento antidesportivo.

LUSA/ ARQUIVO

O acórdão divulgado hoje no sítio oficial da FPF na internet acolhe em parte o recurso do Sporting e considera nula a decisão do órgão disciplinar da FPF de arquivar a queixa do Sporting, com base em "insuficiência para a decisão da matéria de facto provada".

O órgão máximo na esfera da justiça federativa pretende que o CD reaprecie quatro situações - das nove apresentadas pelo Sporting - ocorridas no jogo disputado a 21 de novembro, da quarta eliminatória da Taça de Portugal, que os 'leões' venceram por 2-1, após prolongamento.

Em causa estão um pontapé na bola de Eliseu contra João Pereira e outro lance entre o defesa lateral benfiquista e João Mário, uma alegada tentativa de Jardel a Adrien e um empurrão do central 'encarnado' a Raul José, adjunto do treinador do Sporting, Jorge Jesus.

O CD, que decidiu arquivar a queixa do clube de Alvalade depois de ouvir o árbitro do jogo, Jorge Sousa, poderá agora utilizar as imagens televisivas como meio de prova, antes de se decidir por novo arquivamento ou pela abertura de um processo disciplinar.

Para o CJ, o órgão disciplinar entendeu "erroneamente" que Jorge Sousa foi inequívoco ao pronunciar-se pela "inexistência de infrações imputadas aos jogadores do Benfica" e que "incorreu no vício de não averiguar, como devia, da sua eventual verificação".

As acusações 'leoninas' surgiram em resposta à queixa do Benfica contra o Slimani, por alegada agressão a Samaris, no mesmo jogo, que levou o CD a instaurar um inquérito ao avançado do Sporting.

Enquanto o processo sobre Slimani está em fase avançada de resolução, a conclusão de um eventual processo disciplinar a Eliseu e Jardel dificilmente acontecerá antes do dérbi lisboeta entre os dois clubes, da 25.ª jornada da I Liga, marcado para 5 de março.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.