sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Pires despede-se do circuito mundial de surf

O surfista português Tiago Pires anunciou hoje o fim da carreira profissional e o adeus ao circuito mundial, depois de uma década a competir ao mais alto nível, justificado pelo nascimento do filho.

'Saca', nome pelo qual é conhecido Tiago Pires, em França em setembro de 2005.

'Saca', nome pelo qual é conhecido Tiago Pires, em França em setembro de 2005.

© Reuters Photographer / Reuters

"Chegou o momento de anunciar o fim da minha carreira como surfista profissional. A principal causa de me retirar está relacionada com o nascimento do meu filho, que fez com que pesasse bastante na decisão. É o grande comunicado da noite", disse 'Saca', numa conferência de imprensa realizada numa loja de surf, na Ericeira.

O surfista, de 35 anos, afirmou que não faz sentido continuar no circuito (WCT), ressalvando que o mar continuará a fazer parte da sua vida.

"Na minha cabeça não faz sentido continuar no circuito. A minha estratégia e a minha vontade não passa pela competição nem por rankings. É claro, que, o mar continuará a fazer parte dos meus planos, sou como um peixe e adoro estar lá dentro. A diferença é que deixarei de competir na WCT", explicou.

'Saca' enalteceu a importância da nova geração de surfistas portugueses, mostrando-se orgulhoso na hora de passar o testemunho.

"Estou orgulhoso dos nossos surfistas e espero que, ao longo destes anos, tenha dado o meu melhor contributo. Chegou a altura de eles fazerem o seu trabalho e de me sucederem. Eu já fiz o meu papel", disse.

Sobre os laços de amizade que criou ao longo dos anos no circuito mundial, 'Saca' destacou o australiano Mick Fanning, o norte-americano Kelly Slater e o campeão em título, o brasileiro Adriano de Souza, salientando que todos "percebem perfeitamente" a decisão e que prefere sair "por cima e não por baixo".

O surfista português disse ainda "não guardar mágoas", que passou por "momentos bastante bons" e assistirá agora à modalidade como adepto, lembrando também o melhor momento da carreira, quando venceu o nove vezes campeão do mundo, Kelly Slater, em 2008, na Indonésia.

A terminar, Tiago Pires revelou que o seu projeto inicial pós carreira será um documentário sobre si e a modalidade.

"Posso revelar que o meu primeiro grande projeto vai ser um documentário bibliográfico, que será lançado no final do ano. Retratará a minha vida e a evolução do surf em Portugal", concluiu.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25