sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo critica colegas do Real Madrid por não estarem ao seu nível

Cristiano Ronaldo criticou hoje os colegas, depois da derrota do Real Madrid por 1-0 com o Atlético de Madrid, considerando que se todos estivessem ao seu nível a equipa seria líder da liga espanhola de futebol.

Ballesteros

"Se todos estivessem ao meu nível, seríamos primeiros. Todos os anos, para a imprensa, parece que estou na merda, mas os números e as estatísticas não enganam", 'disparou' o internacional português quando questionado sobre o seu rendimento no encontro de hoje.

Ronaldo não teve papas na língua, alegando que, sem querer menosprezar nenhum companheiro, quando não jogam os melhores é difícil ganhar.

"Eu gosto de jogar com o Pepe, o Karim [Benzema], o Bale, o Marcelo. Não quero dizer que o Jese, o Lucas, o Kovacic não são bons, mas...", acrescentou.

Cristiano falou também das lesões que têm afetado a equipa, assumindo que podem dever-se à má preparação do início da temporada.

"Estamos a ter muitas lesões e isso prejudica-nos", lamentou.

Um golo do francês Antoine Griezmann permitiu hoje ao Atlético de Madrid vencer em casa do Real Madrid, por 1-0, em jogo da 26.ª jornada da liga espanhola de futebol.

A derrota deixou o clube 'blanco' a nove pontos do líder FC Barcelona, que tem menos um jogo, pelo que o treinador Zinedine Zidane já dá o título como perdido.

"Não estou contente, não posso está-lo com a derrota, com o que aconteceu, com o jogo que fizemos. Antes que me perguntem, a liga acabou. É sempre difícil e se perdermos pontos vai ser ainda mais, mas não vamos atirar a toalha sobre a temporada, aconteça o que acontecer. Temos objetivos e há que ganhar jogos. É o discurso que devo ter", disse o técnico francês.

Lusa

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16