sicnot

Perfil

Desporto

Arsenal perde com United e atrasa-se, Tottenham mantém pressão sobre o Leicester

O Arsenal atrasou-se hoje na luta pelo título inglês de futebol, ao perder por 3-2 com o Manchester United, em contraponto com o Tottenham, que venceu por 2-1 o Swansea e manteve sob pressão o líder Leicester.

NIGEL RODDIS

O jovem avançado Marcus Rashford, de apenas 18 anos, foi o 'herói' do encontro da 27.ª jornada da prova, ao marcar os dois primeiros golos em Old Trafford para os 'red devils', no curto espaço de três minutos, aos 29 e 32.

O Arsenal reentrou na discussão do resultado graças ao golo marcado pelo avançado Danny Welbeck, aos 40 minutos, mas Rashford voltou a deixar a sua marca no jogo, ao fazer a assistência para o médio espanhol Ander Herrera aumentar para 3-1, aos 65.

Frente a uma equipa privada de vários jogadores devido a lesão, entre os quais os avançados Wayne Rooney e Anthony Martial, e que hoje perdeu também o defesa Marcos Rojo, ex-jogador do Sporting, o melhor que os londrinos conseguiram foi reduzir por intermédio do médio alemão Mesut Özil, aos 69 minutos.

Os 'gunners' ficaram a cinco pontos de distância do Leicester, vencedor do confronto de sábado com o Norwich, por sofrido 1-0, e a três do Tottenham, que hoje deu a volta a um resultado desfavorável e impôs-se por 2-1 em casa ao Swansea.

O avançado italiano Alberto Paloschi inaugurou o marcador aos 19 minutos para a equipa visitante, 16.ª classificada, e os 'spurs' só conseguiram virar o resultado na segunda parte, graças aos golos do avançado belga Nacer Chadli -- que tinha entrado em campo pouco antes -, aos 70, e do médio Danny Rose, aos 77.

O Tottenham, que ganhou os últimos seis jogos no campeonato, mantém-se na corrida por um título que lhe escapa há 55 anos, desde 1961, a dois pontos do não menos sensacional Leicester, que procura fazer história e sagrar-se campeão inglês pela primeira vez.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.