sicnot

Perfil

Desporto

Arsenal perde com United e atrasa-se, Tottenham mantém pressão sobre o Leicester

O Arsenal atrasou-se hoje na luta pelo título inglês de futebol, ao perder por 3-2 com o Manchester United, em contraponto com o Tottenham, que venceu por 2-1 o Swansea e manteve sob pressão o líder Leicester.

NIGEL RODDIS

O jovem avançado Marcus Rashford, de apenas 18 anos, foi o 'herói' do encontro da 27.ª jornada da prova, ao marcar os dois primeiros golos em Old Trafford para os 'red devils', no curto espaço de três minutos, aos 29 e 32.

O Arsenal reentrou na discussão do resultado graças ao golo marcado pelo avançado Danny Welbeck, aos 40 minutos, mas Rashford voltou a deixar a sua marca no jogo, ao fazer a assistência para o médio espanhol Ander Herrera aumentar para 3-1, aos 65.

Frente a uma equipa privada de vários jogadores devido a lesão, entre os quais os avançados Wayne Rooney e Anthony Martial, e que hoje perdeu também o defesa Marcos Rojo, ex-jogador do Sporting, o melhor que os londrinos conseguiram foi reduzir por intermédio do médio alemão Mesut Özil, aos 69 minutos.

Os 'gunners' ficaram a cinco pontos de distância do Leicester, vencedor do confronto de sábado com o Norwich, por sofrido 1-0, e a três do Tottenham, que hoje deu a volta a um resultado desfavorável e impôs-se por 2-1 em casa ao Swansea.

O avançado italiano Alberto Paloschi inaugurou o marcador aos 19 minutos para a equipa visitante, 16.ª classificada, e os 'spurs' só conseguiram virar o resultado na segunda parte, graças aos golos do avançado belga Nacer Chadli -- que tinha entrado em campo pouco antes -, aos 70, e do médio Danny Rose, aos 77.

O Tottenham, que ganhou os últimos seis jogos no campeonato, mantém-se na corrida por um título que lhe escapa há 55 anos, desde 1961, a dois pontos do não menos sensacional Leicester, que procura fazer história e sagrar-se campeão inglês pela primeira vez.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.