sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona vence Sevilha e soma 34.º jogo sem perder

O FC Barcelona igualou hoje o recorde histórico do futebol espanhol que pertencia ao Real Madrid, ao somar o seu 34.º jogo consecutivo sem perder, graças à vitória por 2-1 frente ao Sevilha.

Alejandro Garcia

Apesar de ter estado em desvantagem, o líder do campeonato espanhol deu a volta ao resultado, com golos de Lionel Messi e Gerard Piqué, para manter a sua série intacta e igualar um registo que estava na posse do Real Madrid de Leo Beenhakker desde a temporada de 1988/1989.

Desde 03 de outubro de 2015 que o 'Barça' não perde, acumulando 34 encontros sem derrotas em todas as competições.

Antes dos festejos, o FC Barcelona não se livrou de um susto. Os catalães até entraram mais fortes, com os 'endiabrados' Luis Suarez e Lionel Messi a deixarem em apuros a defesa adversária, mas foi o Sevilha que marcou primeiro, através de Vitolo, que, aos 20 minutos, rematou de forma eficaz na pequena área, depois de ter recebido um passe de Benoit Tremoulinas.

A justiça no marcador foi rapidamente corrigida, com Messi a marcar de maneira irrepreensível um livre, com a bola a voar 20 metros para entrar no canto superior direito da baliza sevilhana, aos 32 minutos.

Antes do intervalo, a estrela argentina ainda podia ter 'bisado', mas Sergio Rico fez uma boa defesa para segurar o empate.

O 'tridente' ofensivo do 'Barça' voltou inspirado dos balneários, com Neymar a falhar uma grande ocasião, um desperdício evitado um minuto depois, aos 48, quando Luis Suarez encontrou Gerard Piqué, que fez o 2-1.

Com a vitória praticamente segura, o FC Barcelona controlou como quis o encontro da 26.ª jornada, disputado em Camp Nou (Barcelona), tendo ainda desperdiçado duas oportunidades flagrantes.

Os catalães lideram a liga espanhola com 66 pontos, mais oito do que o vice Atlético de Madrid e 12 do que o arquirrival Real Madrid. O Sevilha, que hoje jogou sem os portugueses Daniel Carriço e Diogo Figueiras, é sexto, com 41.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.