sicnot

Perfil

Desporto

Luís Filipe Vieira quer Slimani no dérbi

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, apelou hoje ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa que se tiver de castigar o jogador do Sporting Slimani o faça depois do dérbi de sábado entre as duas equipas.

"A justiça deve ser célere. Deve castigar ou ilibar, mas deve ser célere. Aquilo que espero é que nenhum jogador seja impedido de jogar contra nós. Castiguem se o tiverem de fazer, mas depois do nosso jogo", afirmou o dirigente 'encarnado' no discurso de abertura dos Galardões Cosme Damião, iniciativa que assinala o 112.º aniversário do clube lisboeta.

No seu discurso, Luís Filipe Vieira criticou aqueles que "fazem tudo para criar divisões no futebol português e que se pode aceitar esses comportamentos ou então rejeitar".

"Podemos continuar a aceitar aqueles que fazem da divisão, do conflito, da intimidação o seu modo de vida, e achar que o futebol português pode sobreviver a isso. Ou, então, temos de rejeitar tudo isto e exigir comportamentos orientados pela ética e pela responsabilidade", afirmou para uma plateia onde estava presente o presidente da Liga de clubes, Pedro Proença.

Durante a sua intervenção, o presidente do Benfica elogiou a história do clube, mas também o presente, sublinhando que a equipa 'encarnada' é hoje uma "referência europeia".

"Somos admirados a nível internacional. A união e a estabilidade que conseguimos ter nos últimos anos permitiu-nos voltar a ser um clube global", realçou.

O Benfica vai defrontar o Sporting, em Alvalade, no sábado, em jogo da 25.ª jornada da I Liga.

Antes disso, na segunda-feira, as 'águias' defrontam em casa o União da Madeira a partir das 19:45, um jogo que deveria ter sido disputado hoje, mas que foi adiado.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.