sicnot

Perfil

Desporto

Marchadora Ana Cabecinha sem lesão grave após queda em escadas

A marchadora Ana Cabecinha revelou hoje não ter sofrido qualquer lesão grave, após a queda numas escadas poucas horas antes do Nacional de marcha e que a obrigou a desistir durante a competição.

Arquivo Lusa

Arquivo Lusa

NUNO VEIGA

Numa mensagem na rede social Facebook, a atleta olímpica reconheceu que "nem devia ter participado, mas Nacional é sempre Nacional", revelando que "a chuva, o frio, o granizo e o percurso pioraram a dor", pelo que foi obrigada a desistir -- "a decisão mais difícil" -, porque "não conseguia respirar".

"Fui levada ao hospital de Leiria, onde fiz exames. Nada partido, só um traumatismo torácico, uma paragem de três, quatro dias e medicação", lê-se na missiva.

Ana Cabecinha desistiu numa prova ganhar por Inês Henriques, do Clube de Natação de Rio Maior, que obteve o tempo de 1:30.51 horas, derrotando Susana Feitor (Leiria Marcha Atlética), com 1:33.33, e Daniela Cardoso, do mesmo clube, com 1:33.45, tornando-se a quinta marchadora com mínimos para os Jogos Olímpicos.

Lusa

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC