sicnot

Perfil

Desporto

Tenista João Sousa desce lugar no ranking mundial, Gastão Elias salta 19 posições

O português João Sousa 'caiu' mais um lugar no 'ranking' mundial de ténis, para a 37.ª posição, numa lista divulgada hoje e que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic.

João Sousa

João Sousa

reuters

Depois de no início do ano ter chegado à terceira ronda do Open da Austrália, primeiro 'Grand Slam' da temporada, João Sousa foi eliminado logo à primeira nos quatro torneios que disputou após Melbourne: Montpellier (França), Roterdão (Holanda), Marselha (França) e Dubai.

Gastão Elias continua a ser o segundo melhor representante português na classificação do ATP, 'saltando' 19 posições na hierarquia, até ao 121.º lugar, dias depois de ter chegado aos quartos de final do torneio de São Paulo.

O número dois português disputou pela segunda vez consecutiva um torneio do circuito principal, no Brasil, ganhando direito de entrada nos quadros do Rio de Janeiro e São Paulo depois de passar pelo 'qualifying'.

No 'ranking' feminino, a portuguesa Michelle Larcher de Brito, que regressou aos 'courts' no Open da Austrália, após seis meses a recuperar de lesão, manteve-se no lugar 203, numa classificação que é liderada pela norte-americana Serena Williams.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.