sicnot

Perfil

Desporto

Denizli deixa de ser treinador do Galatasaray

O Galatasaray, um dos clubes históricos do futebol turco, confirmou hoje a saída do treinador Mustafa Denizli, que esteve apenas três meses no cargo, sem conseguir inverter a tendência de resultados dececionantes.

STR

"Mustafa Denizli apresentou hoje a demissão. Agradecemos-lhe por ter tomado conta da equipa neste período", refere um comunicado do clube, que acrescenta que o lugar de treinador principal passa para Orhan Atik, até agora técnico da formação, sem especificar se a solução é transitória ou não.

Denizli, de 66 anos, substituiu em novembro Hamza Hamzaoglu, depois de uma série de maus resultados do campeão da época passada. As coisas também não lhe correram bem e o Galatasaray segue em quinto na liga turca, com dificuldades para se apurar para a Liga Europa.

A nível internacional, a equipa - que tem estrelas como Lukas Podolski, Wesley Sneijder ou Fernando Muslera - foi eliminada na fase de grupos da Liga dos Campeões, caindo para a Liga Europa, de que também já foi afastado.

Lusa

  • Encontradas 120 botijas de gás para "um ou vários atentados"
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.