sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da Federação de Futebol deseja rápida recuperação a Vicente Lucas

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, desejou rápidas melhoras ao ex-jogador Vicente Lucas, que considerou uma "grande glória" do Belenenses e da seleção portuguesa.

"Tendo tomado conhecimento da delicada situação de saúde do Vicente Lucas, grande glória do CF Os Belenenses, da seleção nacional e do futebol português, venho, em nome pessoal e da Federação Portuguesa de Futebol, endereçar-lhe os sentidos votos de um pronto restabelecimento e um regresso, tão cedo quanto possível, ao seio daqueles que tanto o estimam", lê-se numa mensagem publicada no sítio oficial do organismo.

O Belenenses tinha anunciado hoje o internamento, para cirurgia, do antigo futebolista Vicente Lucas, que fez parte da seleção portuguesa que disputou o Mundial1966 e sofre de gangrena no pé esquerdo.

Fernando Gomes considera que a "personalidade vincada e independente" e o "perfil de grande campeão" vão ajudar na recuperação de "uma das grandes glórias do futebol português e da seleção nacional, onde alinhou por 20 vezes".

"Homem bom e generoso de afetos, Vicente Lucas perdura na nossa memória como o jogador que enfrentou Pelé no inolvidável Mundial de 1966", lembra Fernando Gomes, que recorda que o ex-futebolista foi "distinguido recentemente na Gala 'Quinas de Ouro' como um dos melhores onze jogadores históricos do futebol português".

Irmão de Matateu, Vicente Lucas nasceu em Maputo e vestiu a camisola do Belenenses entre 1954/55 e 1966/67, tendo conquistado a Taça de Portugal, em 1959/60.

Terminou a carreira de futebolista aos 31 anos, devido a uma lesão na vista na sequência de um acidente de viação, em outubro de 1966, pouco depois de se ter celebrizado com a marcação a Pelé na vitória lusa frente ao Brasil, por 3-1, no Campeonato do Mundo, numa das 20 ocasiões em que vestiu a camisola das 'quinas'.

Lusa

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.