sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da Federação de Futebol deseja rápida recuperação a Vicente Lucas

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, desejou rápidas melhoras ao ex-jogador Vicente Lucas, que considerou uma "grande glória" do Belenenses e da seleção portuguesa.

"Tendo tomado conhecimento da delicada situação de saúde do Vicente Lucas, grande glória do CF Os Belenenses, da seleção nacional e do futebol português, venho, em nome pessoal e da Federação Portuguesa de Futebol, endereçar-lhe os sentidos votos de um pronto restabelecimento e um regresso, tão cedo quanto possível, ao seio daqueles que tanto o estimam", lê-se numa mensagem publicada no sítio oficial do organismo.

O Belenenses tinha anunciado hoje o internamento, para cirurgia, do antigo futebolista Vicente Lucas, que fez parte da seleção portuguesa que disputou o Mundial1966 e sofre de gangrena no pé esquerdo.

Fernando Gomes considera que a "personalidade vincada e independente" e o "perfil de grande campeão" vão ajudar na recuperação de "uma das grandes glórias do futebol português e da seleção nacional, onde alinhou por 20 vezes".

"Homem bom e generoso de afetos, Vicente Lucas perdura na nossa memória como o jogador que enfrentou Pelé no inolvidável Mundial de 1966", lembra Fernando Gomes, que recorda que o ex-futebolista foi "distinguido recentemente na Gala 'Quinas de Ouro' como um dos melhores onze jogadores históricos do futebol português".

Irmão de Matateu, Vicente Lucas nasceu em Maputo e vestiu a camisola do Belenenses entre 1954/55 e 1966/67, tendo conquistado a Taça de Portugal, em 1959/60.

Terminou a carreira de futebolista aos 31 anos, devido a uma lesão na vista na sequência de um acidente de viação, em outubro de 1966, pouco depois de se ter celebrizado com a marcação a Pelé na vitória lusa frente ao Brasil, por 3-1, no Campeonato do Mundo, numa das 20 ocasiões em que vestiu a camisola das 'quinas'.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.