sicnot

Perfil

Desporto

Ex-presidente da Federação de Futebol da Guatemala extraditado para os EUA

O antigo presidente da Federação de Futebol da Guatemala, Brayan Jimenez, implicado no escândalo da FIFA, foi extraditado para os Estados Unidos, onde é suspeito de corrupção, anunciou o Governo da Guatemala na terça-feira.

© Handout . / Reuters

Jimenez, de 61 anos, foi transportado num avião comercial a partir do aeroporto internacional La Aurora, na capital guatemalteca, precisou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Jimenez foi detido a 12 de janeiro num apartamento na periferia da capital, estando em fuga desde 03 de dezembro, dia em que a justiça norte-americana ordenou a sua extradição.

Antigo membro da comissão para o 'fair-play' e responsabilidade social da FIFA, Jimenez, juntamente com outros 15 dirigentes latino-americanos, está implicado na investigação ao escândalo de corrupção que tem abalado a FIFA desde o ano passado.

Lusa

  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05