sicnot

Perfil

Desporto

Octávio Machado diz que Vitor Pereira deve "abandonar já" o Conselho de Arbitragem

O diretor para o futebol profissional do Sporting, Octávio Machado, defendeu hoje que Vítor Pereira deve "abandonar já" o cargo de presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e não apenas no final da temporada.

"Ele devia ir embora já, devia abandonar já, e não no final do mandato e no final da época. Agora, se calhar, se ele for embora já, estraga qualquer coisa a alguém", afirmou Octávio Machado em entrevista à Sporting TV, cinco dias após Vítor Pereira ter anunciado a saída.

Para o dirigente 'leonino', Vítor Pereira "não fez um bom mandato" nos quatro anos à frente do Conselho de Arbitragem e criou uma "enorme tranquilidade" ao setor.

"O presidente da Federação Portuguesa de Futebol deu-lhe tudo, deu-lhe todas as condições. Ele acabou por criar uma intranquilidade enorme e muito ruído à volta dos árbitros. Os próprios árbitros não estão com ele", referiu.

Octávio Machado abordou também o dérbi com o Benfica do próximo sábado, em jogo da 25.ª jornada da I Liga, e lembrou que os 'leões', líderes de prova, estão "numa posição privilegiada".

"Infelizmente, o Sporting em primeiro é algo que não aconteceu nos últimos anos. Muitos pensavam que não seria uma realidade, mas é uma realidade fruto do trabalho, da dedicação, do empenho e de muita paixão", frisou.

O antigo treinador do Sporting considerou que, esta temporada, o clube "renasceu pojante e dinâmico, à imagem do seu passado" e garantiu que os jogadores e toda a equipa técnica estão "confiantes" para chegar ao título.

"Estamos à frente dos favoritos e são eles que estão preocupados. Sabemos que vai ser complicado até ao fim, mas temos uma vontade enorme", completou.

O Sporting-Benfica está agendado para sábado, no Estádio José Alvalade, às 20:45, e terá arbitragem de Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.