sicnot

Perfil

Desporto

Platini recorre da suspensão de seis anos para o Tribunal Arbitral do Desporto

O francês Michel Platini apresentou recurso no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) da suspensão de seis anos de toda a atividade no futebol, anunciou hoje a mais alta instância jurídica do desporto.

© Arnd Wiegmann / Reuters

O dirigente francês, presidente da UEFA desde 2007, está suspenso por seis anos por ter recebido ilegalmente 1,8 milhões de euros de Joseph Blatter, antigo líder da FIFA, em 2011, por alegado trabalho de consultadoria realizado em 2002.

"No recurso ao TAS, Michel Platini pretende anular as decisões dos comités de Ética e Recurso da FIFA que o tornam ilegível para qualquer atividade relacionada com o futebol, no plano nacional e internacional, por seis meses", refere o comunicado do TAS.

Depois de ter sido suspenso por oito anos pelo Comité de Ética, Platini recorreu para o Comité de Recurso da FIFA, que acabou por reduzir a pena para seis anos,

Logo depois de ter sido conhecida a decisão da instância de recurso, Platini anunciou que iria recorrer para o TAS.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão