sicnot

Perfil

Desporto

Rio Ave e Sp. Braga decidem presença na final da Taça

O Rio Ave e o Sporting de Braga decidem hoje, pelo terceiro ano consecutivo, qual dos dois marcará presença na final da Taça de Portugal de futebol, em jogo da segunda mão das meias-finais da prova.

PAULO CUNHA/LUSA

Enquanto em Vila do Conde a incerteza impera, no estádio do Dragão, o FC Porto cumpre uma formalidade, uma vez que recebe o Gil Vicente, único emblema da II Liga ainda em prova, com uma confortável vantagem de 3-0 trazida da primeira mão.

Para o embate com o Rio Ave, o Sporting de Braga surge com uma vantagem de um golo, beneficiando do triunfo (1-0) alcançado em Braga na primeira mão, tento de Pedro Santos, na conversão de uma grande penalidade.

Este confronto entre as duas equipas está já a revelar-se um 'clássico', já que é a terceira vez consecutiva que se defrontam nesta fase da prova.

Na época de 2013/2014, os vila-condenses afastaram os bracarenses, tendo perdido na final com o Benfica, enquanto, na época seguinte, os 'arsenalistas' eliminaram o Rio Ave, perdendo no encontro decisivo com o Sporting.

No Dragão, o Gil Vicente tem uma autêntica 'montanha' para escalar, depois de ter perdido na primeira mão, em Barcelos, por 3-0.

Os 'dragões', que no seu palmarés contam com 16 taças de Portugal, estão bem encaminhados para a 29.ª final da sua história, depois de terem vencido em Barcelos com golos de Rúben Neves, Suk e Sérgio Oliveira.

O jogo entre Rio Ave e Sporting de Braga está agendado para as 19:00, no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde, com arbitragem de Sérgio Piscarreta, da Associação do Algarve, e a receção do FC Porto ao Gil Vicente para as 21:00, com arbitragem de Nuno Almeida, da Associação do Algarve.

Lusa

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43