sicnot

Perfil

Desporto

Morreu remadora australiana Sarah Tait aos 33 anos

A remadora australiana Sarah Tait, vice-campeã olímpica em Londres 2012, morreu na quarta-feira, aos 33 anos, devido a um cancro, anunciou hoje o Comité Olímpico Australiano.

Sarah Tait à direita da foto

Sarah Tait à direita da foto

© Jim Young / Reuters

Sarah Tait, que juntamente com Kate Hornsey conquistou com medalha de prata nos últimos Jogos Olímpicos na classe dois sem timoneiro, participou também nos Jogos Atenas 2004 e Pequim 2008.

A remadora, que abandonou a competição em 2013 para efetuar tratamentos a um cancro no colo do útero, conquistou um total de três medalhas em Mundiais: uma de ouro e duas de bronze.

Lusa

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.