sicnot

Perfil

Desporto

Taça da Grécia de futebol cancelada pelo governo

A presente edição da Taça da Grécia foi hoje cancelada por decisão do governo grego, depois dos incidentes com adeptos registados quarta-feira na meia-final que opôs o PAOK e o Olympiacos, cuja equipa é treinada pelo português Marco Silva.

Em comunicado, o ministro grego dos Desportos, Stavros Kontonis, anunciou o "cancelamento definitivo" da competição, na sequência da "perturbação da paz social e da ordem legal". Kontonis manifestou preocupação com as nomeações de árbitros para jogos importantes e pediu respostas à Federação Grega de Futebol.

Na quarta-feira, quando o Olympicos vencia por 2-1 no terreno do PAOK, em jogo da primeira mão das meias-finais, o relvado foi invadido por adeptos da equipa da casa e das bancadas foram lançadas dezenas de tochas e bombas de fumo, levando o árbitro Andreas Pappas a interromper a partida, ao minuto 89. O treinador português Marco Silva foi, inclusivamente, atingido nas costas por uma garrafa.

Depois de interrompido o encontro no Estádio Toumba, em Salónica, o presidente do PAOK criticou a arbitragem e ameaçou não disputar a segunda mão da meia-final, se o primeiro jogo não fosse repetido com um árbitro estrangeiro.

Para hoje, estava prevista a realização da primeira mão da outra meia-final, em Atenas, entre o AEK e o Atromitos, mas o governo comunicou o cancelamento do encontro por motivos de segurança, duas horas antes do seu início. Pouco depois, o ministro dos Desportos anunciou o cancelamento da prova.

Na época passada, o campeonato grego teve partidas adiadas, em sequência dos confrontos entre claques rivais.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.