sicnot

Perfil

Desporto

Investigação diz que não há provas claras de corrupção na atribuição do Mundial2006

O relatório da empresa que investigou a atribuição do Mundial2006 à Alemanha, encomendado pela Federação Alemã de Futebol (DFB) e apresentado hoje, conclui que não existe qualquer prova concreta de 'compra' de votos no processo.

© Reuters Staff / Reuters

"Não encontrámos nenhuma prova de 'compra' de votos, embora não possamos excluir essa hipótese", disse Christian Duve, representante do gabinete de advogados que elaborou o relatório.

Duve acrescentou que foi detetada "uma eventual mudança de comportamento na votação, que poderá implicar representantes asiáticos do comité executivo da FIFA".

No início de fevereiro, a DFB reclamou 6,7 milhões de euros a Fedor Radmann, antigo vice-presidente do organismo e um dos responsáveis do Comité Organizador do Mundial2006.

A DFB alega que essa verba foi transferida em 2000 pelo Comité Organizador para a FIFA e que nunca foi "devidamente justificada" nas contas do organismo.

Tanto Franz Beckenbauer, presidente do Comité Organizador, como Wolfgang Niersbach, antigo líder da Federação e que se demitiu após o escândalo vindo a público em outubro, negaram qualquer envolvimento na transferência dessa verba.

Lusa

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.