sicnot

Perfil

Desporto

Seis portugueses no "ranking" do L'Equipe dos cem melhores da Taça/Liga dos Campeões

Um "ranking" compilado pelo jornal francês L'Équipe dos cem maiores futebolistas da história da antiga Taça dos Campeões Europeus e da atual Liga dos Campeões, contempla seis futebolistas portugueses, cabendo a Cristiano Ronaldo o quinto lugar.

© Stefan Wermuth / Reuters

Esta lista "conta" uma história com mais de 60 anos que o L'Equipe decidiu 'comemorar', estabelecendo uma hierarquia de antigas glórias e estrelas de hoje, baseada unicamente nas respetivas estatísticas individuais e coletivas.

O primeiro dos futebolistas lusos do 'ranking' é Cristiano Ronaldo, posicionado em quinto lugar, seguido de Eusébio, que está em 12.º, depois Mário Coluna em 23.º, José Águas em 49.º, Deco em 85.º e, finalmente, Figo, em 99.º.

O primeiro da lista é o lendário Alfredo Di Stéfano, do Real Madrid, seguido de outra antiga glória dos 'merengues', Francisco Gento, com o terceiro posto a ser ocupado pelo italiano Paolo Maldini, à frente daqueles que são considerados os maiores futebolistas da atualidade, o argentino Lionel Messi, colocado na quarta posição, e o português Cristiano Ronaldo, quarto e quinto, respetivamente.

De sublinhar o 12.º lugar ocupado por Eusébio, à frente de craques de dimensão mundial como o holandês Joahn Cruyff, que é 14.º, e do francês Michel Platini, em 73.º.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC