sicnot

Perfil

Desporto

FPF e Liga apoiam testes de recurso a imagens vídeo nas arbitragens

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) manifestou hoje apoio "sem reservas" à decisão do International Board (IFAB) de aprovar, a título experimental, o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos. Também a Liga Portuguesa de Futebol Profissional considerou "um passo importante na introdução de novas tecnologias".

Alessandra Tarantino

"A FPF aplaude e apoia sem reservas a decisão do International Board de permitir os testes para a introdução do vídeo-árbitro. É conhecido o trabalho da Federação Portuguesa de Futebol para que esta decisão pudesse ser tomada este sábado em Cardiff", pode ler-se em mensagem do presidente da FPF, Fernado Gomes.

O International Board (IFAB) , entidade que regula as leis no futebol, aprovou hoje, a título experimental, o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos.

O período experimental decorrerá durante os próximos dois anos, "o mais tardar na época 2017/2018", para, segundo o comunicado do IFAB, "identificar as vantagens, desvantagens e os piores cenários".

Após o aval à tecnologia de linha de golo, em 2012, o 'guardião' das leis do futebol voltou a abrir as portas a outras tecnologias para auxílio do trabalho dos árbitros.

"A FPF apoia todas as decisões que auxiliem o futebol, como é o caso. No campo da arbitragem, é conhecido o nosso esforço no sentido de dotar as equipas de arbitragem dos melhores meios disponíveis. O árbitro é um elemento central do jogo e todos os mecanismos que o auxiliem na tomada de decisão devem ser testados e analisados, sem receios e sem conservadorismos", apontou Fernando Gomes.

Liga saúda "passo importante"

"É mais um passo importante na introdução das novas tecnologias, caminho que sempre defendemos como forma de contribuir para a melhoria do jogo e da sua transparência", afirmou o presidente da LPFP, Pedro Proença, citado na página internet do organismo.

Pedro Proença acrescentou que a Liga esteve "desde a primeira hora na linha da frente" em defesa desta inovação, estando "totalmente disponível para participar" nos respetivos testes.

"A Liga já deu provas claras de estar envolvida no caminho da introdução das novas tecnologias no futebol e orgulha-se de ter sido pioneira, com a utilização da 'Goal Line Technology' [tecnologia da linha de golo] na final da Taça da Liga de maio de 2015 e renova esse envolvimento com o vídeo-árbitro", concluiu Pedro Proença.

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Karlie Kloss, o "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59