sicnot

Perfil

Desporto

Federação Francesa de Futebol disponível para testar imagens vídeo nas arbitragens

A Federação Francesa de Futebol (FFF) manifestou a sua disponibilidade para testar o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos, hoje aprovada a título experimental pelo International Board (IFAB), entidade que regula as leis no futebol.

Alessandra Tarantino

"Fazemos parte de um conjunto de 10 países candidatos a testar o recurso às imagens vídeo", declarou Eric Borghini, membro do Comité Executivo da FFF com o pelouro da arbitragem.

O IFAB aprovou hoje, a título experimental, o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos.

O período experimental decorrerá durante os próximos dois anos, "o mais tardar na época 2017/2018", para, segundo o comunicado do IFAB, "identificar as vantagens, desvantagens e os piores cenários".

Após o aval à tecnologia de linha de golo, em 2012, o 'guardião' das leis do futebol voltou a abrir as portas a outras tecnologias para auxílio do trabalho dos árbitros.

"Houve uma reunião preparatória com o IFAB há duas semanas (...) para conhecer os protocolos técnicos. Há ainda aspetos técnicos a abordar, pelo que é necessário aguardar. Mas a decisão política está tomada e tem apenas de ser afinada tecnicamente para estar plenamente operacional", afirmou o responsável da FFF.

Para Eric Borghini "trata-se de uma evolução interessante, que começou já com a adoção da tecnologia da linha de golo adotada para o Mundial de 2014.

"Hoje a FIFA vai ainda mais longe", acrescentou.

Durante o período de testes de dois anos, os árbitros podem pedir imagens vídeo para ajudar na determinação de quatro tipos de momentos importantes do jogo: golos marcados, cartões vermelhos, penaltis e identidades trocadas.

Ainda durante esta fase, um árbitro assistente que estará encarregue do visionamento das imagens pode revê-las a pedido ou tomar a iniciativa de comunicar ao árbitro um incidente que pode ter escapado à equipa de arbitragem.

Lusa

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.