sicnot

Perfil

Desporto

Federação Francesa de Futebol disponível para testar imagens vídeo nas arbitragens

A Federação Francesa de Futebol (FFF) manifestou a sua disponibilidade para testar o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos, hoje aprovada a título experimental pelo International Board (IFAB), entidade que regula as leis no futebol.

Alessandra Tarantino

"Fazemos parte de um conjunto de 10 países candidatos a testar o recurso às imagens vídeo", declarou Eric Borghini, membro do Comité Executivo da FFF com o pelouro da arbitragem.

O IFAB aprovou hoje, a título experimental, o recurso às imagens vídeo nas arbitragens dos jogos.

O período experimental decorrerá durante os próximos dois anos, "o mais tardar na época 2017/2018", para, segundo o comunicado do IFAB, "identificar as vantagens, desvantagens e os piores cenários".

Após o aval à tecnologia de linha de golo, em 2012, o 'guardião' das leis do futebol voltou a abrir as portas a outras tecnologias para auxílio do trabalho dos árbitros.

"Houve uma reunião preparatória com o IFAB há duas semanas (...) para conhecer os protocolos técnicos. Há ainda aspetos técnicos a abordar, pelo que é necessário aguardar. Mas a decisão política está tomada e tem apenas de ser afinada tecnicamente para estar plenamente operacional", afirmou o responsável da FFF.

Para Eric Borghini "trata-se de uma evolução interessante, que começou já com a adoção da tecnologia da linha de golo adotada para o Mundial de 2014.

"Hoje a FIFA vai ainda mais longe", acrescentou.

Durante o período de testes de dois anos, os árbitros podem pedir imagens vídeo para ajudar na determinação de quatro tipos de momentos importantes do jogo: golos marcados, cartões vermelhos, penaltis e identidades trocadas.

Ainda durante esta fase, um árbitro assistente que estará encarregue do visionamento das imagens pode revê-las a pedido ou tomar a iniciativa de comunicar ao árbitro um incidente que pode ter escapado à equipa de arbitragem.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Nove fatores que aumentam o risco de demência

    Mundo

    Um em cada três casos de demência podia ter sido evitado sem recorrer a medicamentos. Um estudo publicado na revista científica The Lancet explica como é possível evitar a demência e quais os fatores que contribuem para a doença.

  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.