sicnot

Perfil

Desporto

Associações de futebol de Lisboa e Porto apoiam recandidatura de Fernando Gomes

As associações de Lisboa e do Porto manifestaram hoje o seu apoio a Fernando Gomes, que se recandidata à presidência da Federação Portuguesa de Futebol.

Em declarações difundidas pela assessoria de comunicação do candidato único, Nuno Lobo, líder associativo lisboeta, considera que Fernando Gomes "cumpriu globalmente com o que prometeu há quatro anos".

A equiparação do futebol profissional e não-profissional, o posicionamento do futebol português "nos mais altos patamares dos poderes decisórios do futebol europeu e mundial" e a construção da Cidade do Futebol são ainda destaque nas palavras de apoio do dirigente lisboeta.

Na mesma nota, Lourenço Pinto, presidente da Associação de Futebol do Porto, refere: "Tudo aquilo que foi feito nestes quatro anos define a capacidade do homem e a capacidade do grupo que ele lidera".

Destacando momentos como a organização da final dos Campeões Europeus em Lisboa, o Mundial de futebol de praia e a solidariedade com o movimento associativo, o dirigente portuense mostra-se convicto: "Temos de estar solidários com ele e apoiá-lo em todas as situações".

As eleições para a Federação Portuguesa de Futebol realizam-se em 4 de junho.

Lusa

  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.