sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho critica arbitragem do dérbi e diz que Ruiz podia ter perna partida

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, criticou hoje a arbitragem de Artur Soares Dias no dérbi com o Benfica, da 25.ª jornada da I Liga de futebol, salientando uma entrada de Renato Sanches sobre Bryan Ruiz.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Andr\303\251 Kosters

"Neste último jogo Renato Sanches agrediu Bryan Ruiz, podendo ter resultado numa perna partida. A equipa de arbitragem viu perfeitamente o lance e deu-lhe apenas cartão amarelo. Então ainda no túnel foi dito 'entradas com a sola da bota é vermelho'. Mas então o que é a sola da bota?", questionou.

Na sua página oficial no Facebook, o líder 'leonino' falou ainda de duas alegadas grandes penalidades por falta de Mitroglou sobre Adrien e um lance em que Slimani terá sido puxado, considerando que o argelino está condicionado por ainda não ter sido decidido o processo disciplinar, por alegada agressão a Samaris, no dérbi da Taça de Portugal.

Bruno de Carvalho criticou ainda "a constante falta de bom senso na nomeação dos árbitros e a não saída imediata de Vítor Pereira".

O Sporting perdeu no sábado com o Benfica, por 1-0, perdendo a liderança da I Liga para os "encarnados".

Lusa

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC