sicnot

Perfil

Desporto

Garay está aparentemente apto para receção do Zenit ao Benfica

O internacional argentino falhou o jogo de sábado com o Krasnodar, já depois de ter integrado o período de aquecimento, mas treinou sem limitações nesta terça-feira. André Villas-Boas só não contou no treino com Viktor Fayzulin e Aleksey Evseev.

Um Benfica moralizado e com um golo de vantagem, mas muito desfalcado na defesa, joga quarta-feira no 'gelo' de São Petersburgo, face ao Zenit, um lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol.

O sueco Lindelöf, que começou a época na equipa B, é o único central à disposição do treinador Rui Vitória, que não pode contar com os lesionados Júlio César, Luisão e, provavelmente, Lisandro López e os castigados André Almeida e Jardel.

Assim, será com um setor recuado 'remendado' que o Benfica jogará o seu futuro na 'Champions', frente a um conjunto que na frente tem jogadores da qualidade do ex-portista Hulk ou de Dzyuba, sem esquecer Danny, Kokorin ou Shatov.

As dificuldades parecem muitas, mas o Benfica tem sabido, ao longo da época, dar a volta a este tipo de adversidades, como prova a liderança no campeonato e a presença nos 'oitavos' da Liga dos Campeões e nas 'meias' da Taça da Liga.

O primeiro lugar da I Liga, conquistado no sábado, com um triunfo em Alvalade por 1-0, face ao Sporting, e reforçado domingo, com o desaire por 3-1 do FC Porto em Braga, colocou a moral dos 'encarnados' em alta.

A equipa está bem, seguindo com quatro triunfos consecutivos e 15 nos últimos 16 jogos, com um infeliz 1-2 face ao FC Porto pelo meio, e chega a São Petersburgo com uma importante vantagem, a de ter ganhado sem sofrer golos.

Um golo do goleador brasileiro Jonas, já nos descontos, aos 90+1 minutos, valeu um triunfo caseiro por 1-0, que, nas taças europeias, valeu ao Benfica o apuramento em 11 de 12 eliminatórias, incluindo numa das duas presenças nos 'oitavos'.

Face ao então campeão europeu Liverpool, o Benfica venceu em casa por 1-0, com um tento de Luisão, e fez ainda melhor em Anfield Road, vencendo por 2-0, com tentos de Simão e Miccoli.

Na outra vez que esteve nos 'oitavos', o Benfica superou precisamente o Zenit (derrota por 3-2 fora seguida por triunfo por 2-0 em casa), sendo que, em 1994/95, passou diretamente da fase de grupos para os quartos de final.

Em caso de faturar no Estádio Petrovsky, o Benfica sabe que os russos terão de marcar três, o que, à luz dos números mais recentes, não parece ser uma tarefa fácil para o conjunto comandado pelo português André Villas-Boas.

A formação russa não venceu nenhum dos últimos três jogos antes da paragem invernal, em dezembro, e, desde o regresso, só ganhou um de três jogos, e no prolongamento, sendo que, nestes seis embates, nunca marcou mais de um golo.

Para encontrar um golo com dois golos é preciso recuar a 24 de novembro, ao 2-0 ao Valência para a 'Champions', sendo que, três dias antes, o Zenit bateu o Ufa por 3-0.

Apenas com três jogos desde a paragem, o primeiro na Luz, o conjunto russo, que segue apenas em quinto no seu campeonato, a nove pontos do líder CSKA Moscovo, parece longe do seu melhor e também não se apresenta na máxima força.

Se o Benfica perdeu na Luz André Almeida e Jardel, os russos ficaram sem o defesa esquerdo italiano Criscito e o médio espanhol Javi Garcia, que já alinhou no Benfica, tal como Garay ou Witsel, ambos titulares indiscutíveis do Zenit.

O reforço de inverno Zhirkov e Yusupov poderão ser as novidades no 'onze' russo, enquanto Rui Vitória, se não tiver mesmo Lisandro, poderá fazer alinhar Samaris ao lado de Lindelöf, com o regressado Fejsa no meio campo.

O guarda-redes Ederson, que se estreou em Alvalade, face à lesão de Júlio César, jogará na baliza, com Nélson Semedo na direita da defesa, em vez de André Almeida.

Assim, o Benfica poderá alinhar com Nélson Semedo, Lindelöf, Samaris e Eliseu, à frente de Ederson, um meio campo com Fejsa e Renato Sanches, ao meio, e Pizzi e Gaitán, nas alas, no apoio aos avançados Jonas e Mitroglou.

Antes do encontro do Benfica, marcado para as 20:00 locais (17:00 em Lisboa) de quarta-feira, os 'quartos' conhecem na terça-feira os dois primeiros 'inquilinos', em dois confrontos que já parecem definidos.

O Real Madrid, de Cristiano Ronaldo e Pepe, recebe a Roma, depois de ter vencido em Itália por 2-0, enquanto o Wolfsburgo, de Vieirinha, é anfitrião do Gent, que bateu na Bélgica por 3-2.

Na quarta-feira, depois do confronto entre Benfica e Zenit, chegará a bem mais interessante receção do Chelsea ao Paris Saint-Germain, após o 'perigoso' 2-1 para os gauleses no Parque dos Príncipes.

Com Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".