sicnot

Perfil

Desporto

Serena Williams elogia coragem de Maria Sharapova em assumir caso de doping

Serena Williams, número um do ténis mundial, elogiou hoje a honestidade e a coragem de Maria Sharapova de tornar público o seu controlo antidoping positivo no Open da Austrália.

© Thomas Peter / Reuters

"A maioria das pessoas ficaram surpresas e em choque [...] mas, ao mesmo tempo, [...] contentes porque ela foi franca, muito honesta e demonstrou muita coragem ao admitir o que fez", defendeu a norte-americana, numa conferência de imprensa organizada à margem de um encontro de exibição contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki, em Nova Iorque.

Serena Williams recordou que Sharapova, positivo por meldonium num controlo realizado precisamente no dia do seu encontro dos quartos de final com a número um mundial no Open da Austrália, sempre demonstrou coragem em tudo o que fez.

No entanto, a vencedora de 21 títulos de 'Grand Slam' escusou-se a tecer comentários sobre a coincidência da data do positivo. "Não sou a pessoa indicada para colocar essa questão", afiançou.

A 26 de janeiro, a norte-americana bateu Sharapova por 6-4 e 6-1.

A tenista, de 28 anos, revelou na segunda-feira que teve um controlo positivo por meldonium, uma substância inserida dentro das "Hormonas e moduladores metabólicos" e que passou a fazer parte da lista de substâncias proibidas desde 01 de janeiro, mas desculpou-se assumindo que não tinha visto a lista atualizada enviada pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

A Federação Internacional de Ténis (ITF) suspendeu provisoriamente a russa, número sete do ranking mundial e vencedora de cinco 'Grand Slams', com a suspensão a iniciar-se a 12 de março e a vigorar até que o caso seja analisado.

Lusa

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.