sicnot

Perfil

Desporto

Serena Williams elogia coragem de Maria Sharapova em assumir caso de doping

Serena Williams, número um do ténis mundial, elogiou hoje a honestidade e a coragem de Maria Sharapova de tornar público o seu controlo antidoping positivo no Open da Austrália.

© Thomas Peter / Reuters

"A maioria das pessoas ficaram surpresas e em choque [...] mas, ao mesmo tempo, [...] contentes porque ela foi franca, muito honesta e demonstrou muita coragem ao admitir o que fez", defendeu a norte-americana, numa conferência de imprensa organizada à margem de um encontro de exibição contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki, em Nova Iorque.

Serena Williams recordou que Sharapova, positivo por meldonium num controlo realizado precisamente no dia do seu encontro dos quartos de final com a número um mundial no Open da Austrália, sempre demonstrou coragem em tudo o que fez.

No entanto, a vencedora de 21 títulos de 'Grand Slam' escusou-se a tecer comentários sobre a coincidência da data do positivo. "Não sou a pessoa indicada para colocar essa questão", afiançou.

A 26 de janeiro, a norte-americana bateu Sharapova por 6-4 e 6-1.

A tenista, de 28 anos, revelou na segunda-feira que teve um controlo positivo por meldonium, uma substância inserida dentro das "Hormonas e moduladores metabólicos" e que passou a fazer parte da lista de substâncias proibidas desde 01 de janeiro, mas desculpou-se assumindo que não tinha visto a lista atualizada enviada pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

A Federação Internacional de Ténis (ITF) suspendeu provisoriamente a russa, número sete do ranking mundial e vencedora de cinco 'Grand Slams', com a suspensão a iniciar-se a 12 de março e a vigorar até que o caso seja analisado.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.