sicnot

Perfil

Desporto

Carl Lewis considera "patéticos" atuais desempenho no salto em comprimento

O antigo atleta Carl Lewis, quatro vezes campeão olímpico do salto em comprimento, afirmou hoje que os padrões da especialidade são dos mais baixos de sempre e descreveu como "patético" o desempenho do atual campeão mundial, Greg Rutherford.

© John Kuntz / Reuters

Em conversa com os repórteres à margem do encontro da seleção olímpica, em Los Angeles, Estados Unidos, Lewis fez uma avaliação pessimista do estado do salto em comprimento moderno, considerando-o como "um desporto moribundo".

O antigo saltador, com 54 anos de idade, reservou para a especialidade que o consagrou entre 1984 e 1996, com quatro medalhas olímpicas (ganhou nove, contando com outras modalidades), as mais duras palavras: "O salto em comprimento é o pior evento do mundo, é horrível, atualmente".

"Jesse Owens teria sido terceiro classificado nos últimos Jogos, em Londres, já que a sua melhor marca, conseguida há 80 anos, seria suficientemente boa para isso", disse Carl Lewis.

O norte-americano acusou os atletas de topo do salto em comprimento de não se empenharam o suficiente para ultrapassar um recorde já com 25 anos, conseguido por Mike Powel, em 1991, de 8,95 metros.

E deu o exemplo do britânico Greg Rutherford, que foi medalha de ouro em Londres2012, com a marca de 8,31 metros, abaixo do recorde do mundo: "Alguém quer ir ver saltar só isso?"

"Eles não sabem saltar e nem sequer o estão a tentar fazer melhor porque ganham medalhas, de qualquer forma", afirmou.

E acrescentou: "Eu e o Mike Powel saltávamos quase aos nove metros com regularidade. Mas esta geração? Rutherford? Peço desculpa, mas é patético"

"Estão a brincar comigo? Ele ganha, faz o seu melhor, mas não devia ganhar assim", concluiu.

Lusa

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.