sicnot

Perfil

Desporto

Jornalistas, "uma classe que não merece este tipo de colegas"

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, disse hoje que criticou alguns jornalistas, que acusa de mentirem para prejudicar o clube, para proteger "uma classe que não merece este tipo de colegas".

O Tribunal Arbitral do Desporto revogou hoje a suspensão de Bruno de Carvalho

O Tribunal Arbitral do Desporto revogou hoje a suspensão de Bruno de Carvalho

MIGUEL A. LOPES / Lusa

"Ao contrário de alguns 'jornalistas' não me escondo atrás de supostas fontes para mentir passando a responsabilidade do mesmo para outrem. Digo a verdade, desmascaro mentiras e digo claramente quem usa destas práticas indignas exatamente para proteção de uma classe que não merece este tipo de 'colegas'", escreveu o líder 'leonino' na sua página oficial no Facebook.

Esta quarta-feira, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) criticou Bruno de Carvalho, por este ter identificado alguns profissionais que considera que mentem para prejudicar o clube, dizendo aos seus associados para agirem judicialmente contra o presidente do Sporting, além de anunciar que vai fazer uma exposição ao Governo, à Liga de clubes e à Federação Portuguesa de Futebol.

Dizendo ter sido surpreendido com o comunicado, Bruno de Carvalho diz que nada o "move contra jornalistas, antes pelo contrário", pois apenas não considera jornalistas "aqueles que envergonham a classe mentindo, que se escudam em fontes duvidosas ou falsas e que não dão a hipótese de contraditório aos visados".

"Uns usam as televisões, outros os jornais, outros revistas e outros blogues. Eu uso a minha página de Facebook que é a única ferramenta que tenho para informar devidamente as pessoas e para me defender e ao Sporting CP das mentiras constantes que são passadas às pessoas", escreveu.

Dizendo que também vai pôr um processo judicial à presidente do SJ, dizendo que terá de provar que fez "falsas acusações", garantindo que o seu uso da palavra é apenas "o direito e liberdade de informar" e de se "indignar com tudo" o que acha "impróprio e indigno".

"Manterei o meu total respeito pelos jornalistas. Manterei o meu direito a desmascarar todos aqueles que se escondem atrás dessa profissão para mentir e tentar manipular a opinião pública", concluiu.

Com Lusa

Hoje fui surpreendido com um comunicado do presidente dos jornalistas sindicalizados.Nesse comunicado fala de "...

Publicado por Bruno de Carvalho em Quarta-feira, 9 de Março de 2016
  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.