sicnot

Perfil

Desporto

Pelé vai leiloar mais de dois mil objetos que recordam a sua carreira

O lendário futebolista brasileiro Pelé vai leiloar mais de dois mil objetos pessoais, relacionados com a sua carreira, incluindo as três medalhas de campeão do Mundo e a bola com que marcou o seu milésimo golo, foi esta quinta-feira anunciado.

Francois Mori

A leiloeira Julien's Auctions, sedeada em Beverly Hills, Estados Unidos, informou, em comunicado, que o ícone vivo do futebol internacional, muitas vezes citado como o melhor jogador da história, doará parte dos lucros a um hospital de crianças no Brasil.

A coleção de Pelé será licitada durante três dias em Londres, entre 7 e 9 de junho, e incluirá itens recebidos durante os seus 21 anos de carreira enquanto futebolista.

"Após ter doado uma parte significativa da minha coleção à cidade de Santos (Brasil), decidi permitir aos fãs e colecionadores a aquisição de parte da minha história", disse Pelé, citado no documento da leiloeira.

Espera-se que o leilão possa gerar cerca de um milhão de dólares (cerca de 890 mil euros) se forem atingidos valores mais altos que os estimados no início da licitação.

A bola com que Pelé marcou o seu milésimo golo, o que aconteceu em novembro de 1969, no Estádio Maracanã, num jogo entre o Vasco da Gama e o seu Santos, pode chegar aos 45 mil euros (cerca de 50 mil dólares).

No lote de objetos, outro dos mais curiosos é o par de botas que usou no filme "Fuga para a vitória", no qual contracenou ao lado de Michael Caine e Sylvester Stallone.

Lusa

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.