sicnot

Perfil

Desporto

Comité Olímpico Espanhol defende Rafael Nadal das críticas de doping

O Comité Olímpico Espanhol (COE) manifestou hoje, em comunicado, o apoio ao tenista Rafael Nadal, no âmbito das acusações de doping proferidas na terça-feira num programa televisivo francês pela ex-ministra francesa do Desporto Roselyne Bachelot.

© Naseem Mohammed Bny Huthil /

"Rafael Nadal é um dos melhores tenistas da história e, em toda a sua longa carreira, foi sujeito a inúmeros controlos antidoping, superados sempre com êxito", assinala o comunicado do COE no seu sítio oficial.

A declaração do Comité ripostou às acusações de Roselyne Bachelot, que acusou o tenista espanhol de ter simulado uma lesão, em 2012, para esconder um controlo positivo, alegando mesmo que as lesões prolongadas no ténis são fictícias e se devem a omissão de resultados de doping.

"O COE lamenta profundamente as declarações injustificadas de uma pessoa, que, pelo cargo que representou, deveria ter consciência que este tipo de acusações necessitam estar sustentadas em provas", finalizou o organismo.

Lusa

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC