sicnot

Perfil

Desporto

Federação grega recorre ao Supremo para impedir o cancelamento da taça

A Federação Grega de Futebol anunciou hoje que recorreu junto do supremo tribunal do país para reverter a decisão do governo em cancelar a presente edição da Taça, devido a incidentes com adeptos no jogo PAOK Salónica-Olympiacos.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Kostas Tsironis / Reuters

O organismo que rege o futebol helénico classificou a atitude do governo de Atenas e do ministro do desporto, Stavros Kontonis, como "inconstitucional e ilegal" e alertou que pode sofrer graves sanções da UEFA e FIFA, como a impossibilidade participar em competições internacionais.

"É uma decisão que viola as regras do desporto internacional, regras essas que asseguram a autonomia das federações nacionais e internacionais. Com isto, a Grécia arrisca ser expulsa da FIFA e da UEFA e assim impossibilitar de ter a seleção a competir em Europeus e Mundiais e os clubes em provas europeias", lê-se num comunicado da federação.

Na semana passada, a 03 de março, a Taça da Grécia desta temporada foi cancelada por decisão do governo, depois dos incidentes com adeptos registados na meia-final que opôs o PAOK e o Olympiacos, cuja equipa é treinada pelo português Marco Silva.

Em comunicado, o ministro grego dos Desportos, Stavros Kontonis, anunciou o "cancelamento definitivo" da competição, na sequência da "perturbação da paz social e da ordem legal".

Kontonis manifestou preocupação com as nomeações de árbitros para jogos importantes e pediu respostas à Federação Grega de Futebol.

Quando o Olympiacos vencia por 2-1 no terreno do PAOK, em jogo da primeira mão das meias-finais, o relvado foi invadido por adeptos da equipa da casa e das bancadas foram lançadas dezenas de tochas e bombas de fumo, levando o árbitro Andreas Pappas a interromper a partida, ao minuto 89. O treinador português Marco Silva foi, inclusivamente, atingido nas costas por uma garrafa.

Na época passada, o campeonato grego teve partidas adiadas, em sequência dos confrontos entre claques rivais.

Lusa

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.