sicnot

Perfil

Desporto

Federação grega recorre ao Supremo para impedir o cancelamento da taça

A Federação Grega de Futebol anunciou hoje que recorreu junto do supremo tribunal do país para reverter a decisão do governo em cancelar a presente edição da Taça, devido a incidentes com adeptos no jogo PAOK Salónica-Olympiacos.

Em causa estão as sanções pela violência verificada no dérbi com o Olympiakos, treinado por Marco Silva, a 21 de novembro, quando os adeptos do Panathinaikos se envolveram em confrontos com a polícia dentro e fora do estádio, levando à anulação do desafio, mesmo antes de principiar.

Em causa estão as sanções pela violência verificada no dérbi com o Olympiakos, treinado por Marco Silva, a 21 de novembro, quando os adeptos do Panathinaikos se envolveram em confrontos com a polícia dentro e fora do estádio, levando à anulação do desafio, mesmo antes de principiar.

© Kostas Tsironis / Reuters

O organismo que rege o futebol helénico classificou a atitude do governo de Atenas e do ministro do desporto, Stavros Kontonis, como "inconstitucional e ilegal" e alertou que pode sofrer graves sanções da UEFA e FIFA, como a impossibilidade participar em competições internacionais.

"É uma decisão que viola as regras do desporto internacional, regras essas que asseguram a autonomia das federações nacionais e internacionais. Com isto, a Grécia arrisca ser expulsa da FIFA e da UEFA e assim impossibilitar de ter a seleção a competir em Europeus e Mundiais e os clubes em provas europeias", lê-se num comunicado da federação.

Na semana passada, a 03 de março, a Taça da Grécia desta temporada foi cancelada por decisão do governo, depois dos incidentes com adeptos registados na meia-final que opôs o PAOK e o Olympiacos, cuja equipa é treinada pelo português Marco Silva.

Em comunicado, o ministro grego dos Desportos, Stavros Kontonis, anunciou o "cancelamento definitivo" da competição, na sequência da "perturbação da paz social e da ordem legal".

Kontonis manifestou preocupação com as nomeações de árbitros para jogos importantes e pediu respostas à Federação Grega de Futebol.

Quando o Olympiacos vencia por 2-1 no terreno do PAOK, em jogo da primeira mão das meias-finais, o relvado foi invadido por adeptos da equipa da casa e das bancadas foram lançadas dezenas de tochas e bombas de fumo, levando o árbitro Andreas Pappas a interromper a partida, ao minuto 89. O treinador português Marco Silva foi, inclusivamente, atingido nas costas por uma garrafa.

Na época passada, o campeonato grego teve partidas adiadas, em sequência dos confrontos entre claques rivais.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira