sicnot

Perfil

Desporto

Marítimo e Boavista abrem 26ª jornada da I Liga de futebol

O Marítimo e o Boavista abrem hoje a 26ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com os insulares a tentarem manter viva a esperança de qualificação europeia e os axadrezados deixar a zona de despromoção.

HOMEM DE GOUVEIA / Lusa

Em caso de triunfo, o Marítimo iguala provisoriamente o Paços de Ferreira na nona posição e coloca-se a quatro pontos do sexto posto, que deverá dar acesso à Liga Europa.

Por seu turno, o Boavista pode abandonar, de forma provisória, o penúltimo lugar e a zona de despromoção, tendo a Académica, antepenúltima, a um ponto.

Em 29 encontros entre as duas equipas para o campeonato no Funchal, o Marítimo venceu 13 vezes, o Boavista conquistou quatro triunfos e registaram-se 12 empates.

Na luta pelo título, o líder Benfica recebe na segunda-feira o lanterna-vermelha Tondela, já conhecendo os resultados do Estoril-Praia -Sporting e do FC Porto - União da Madeira, ambos no sábado.

Programa da 26.ª jornada:

Sexta-feira, 11 mar:

  • Marítimo -- Boavista, 20:30 (Sport TV).

Sábado, 12 mar:

  • Estoril-Praia -- Sporting, 18:30 (Sport TV).
  • FC Porto -- União da Madeira, 20:45 (Sport TV).

Domingo, 13 mar:

  • Moreirense -- Académica, 16:00.
  • Arouca -- Vitória de Setúbal, 16:00.
  • Nacional -- Rio Ave, 16:00 (Sport TV).
  • Vitória de Guimarães -- Paços de Ferreira, 18:15 (Sport TV).
  • Belenenses -- Sporting de Braga, 20:30 (Sport TV).

Segunda-feira, 14 mar:

  • Benfica -- Tondela, 20:00 (BTV).

Lusa

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela.