sicnot

Perfil

Desporto

Sharapova nega ter sido avisada cinco vezes, mas assume descuido

A tenista Maria Sharapova, que recentemente acusou meldonium, negou hoje que tenha sido cinco vezes avisada da proibição dessa substância, mas assumiu que devia ter "tomado mais atenção" às mensagens da ITF e da Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Tenista Maria Sharapova

Tenista Maria Sharapova

© Toby Melville / Reuters


Numa mensagem publicada na sua página oficial do Facebook, a atleta russa acusou "alguns meios de comunicação de distorcer, exagerar ou serem incapazes" de informar o que realmente aconteceu e garantiu estar "decidida" a defender-se.

"É completamente falso que fui avisada cinco vezes sobre a iminente proibição da substância. Isso nunca aconteceu. Não estou à procura de desculpas por desconhecer essa proibição. Devia ter tomado mais atenção aos e-mails que recebi", afirmou Sharapova.

A antiga líder do ranking mundial admitiu que recebeu informações da AMA no início do ano, em que estava declarado a introdução do meldonium como substância proibida, mas que acabou por não ler.

"Esse documento tinha milhares de palavras, muitas delas técnicas e desconhecidas para as pessoas normais. Deveria ter tomado mais atenção, mas qualquer pessoa que tenha acesso a esse documento entende o que estou a dizer. Insisto, isto não são desculpas, mas é errado dizer que fui alertada cinco vezes", frisou.

Sharapova assegurou que foi "sempre honesta" e que nunca simulou uma lesão para poder fugir a um controlo antidoping.

"Também é mentira que tomava meldonium diariamente. Tomava segundo o que tinha sido recomendado pelo médico e em pequenas doses", acrescentou.

Maria Sharapova revelou na semana passada que teve um controlo positivo a meldonium, uma substância que toma desde 2006 e que se tornou proibida este ano, assumindo que não tinha visto a lista atualizada de produtos proibidos.

De acordo com a ITF, a russa foi controlada a 26 de janeiro no Open da Austrália, num teste que revelou a presença do produto proibido, tendo a tenista reconhecido a existência da substância. Maria Sharapova será suspensa preventivamente a partir de 12 de março, até que o caso esteja resolvido.

A russa, que venceu cinco torneios do 'Grand Slam', foi eliminada nos quartos de final do Open da Austrália, que se disputou no final de janeiro.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.