sicnot

Perfil

Desporto

Sharapova nega ter sido avisada cinco vezes, mas assume descuido

A tenista Maria Sharapova, que recentemente acusou meldonium, negou hoje que tenha sido cinco vezes avisada da proibição dessa substância, mas assumiu que devia ter "tomado mais atenção" às mensagens da ITF e da Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Tenista Maria Sharapova

Tenista Maria Sharapova

© Toby Melville / Reuters


Numa mensagem publicada na sua página oficial do Facebook, a atleta russa acusou "alguns meios de comunicação de distorcer, exagerar ou serem incapazes" de informar o que realmente aconteceu e garantiu estar "decidida" a defender-se.

"É completamente falso que fui avisada cinco vezes sobre a iminente proibição da substância. Isso nunca aconteceu. Não estou à procura de desculpas por desconhecer essa proibição. Devia ter tomado mais atenção aos e-mails que recebi", afirmou Sharapova.

A antiga líder do ranking mundial admitiu que recebeu informações da AMA no início do ano, em que estava declarado a introdução do meldonium como substância proibida, mas que acabou por não ler.

"Esse documento tinha milhares de palavras, muitas delas técnicas e desconhecidas para as pessoas normais. Deveria ter tomado mais atenção, mas qualquer pessoa que tenha acesso a esse documento entende o que estou a dizer. Insisto, isto não são desculpas, mas é errado dizer que fui alertada cinco vezes", frisou.

Sharapova assegurou que foi "sempre honesta" e que nunca simulou uma lesão para poder fugir a um controlo antidoping.

"Também é mentira que tomava meldonium diariamente. Tomava segundo o que tinha sido recomendado pelo médico e em pequenas doses", acrescentou.

Maria Sharapova revelou na semana passada que teve um controlo positivo a meldonium, uma substância que toma desde 2006 e que se tornou proibida este ano, assumindo que não tinha visto a lista atualizada de produtos proibidos.

De acordo com a ITF, a russa foi controlada a 26 de janeiro no Open da Austrália, num teste que revelou a presença do produto proibido, tendo a tenista reconhecido a existência da substância. Maria Sharapova será suspensa preventivamente a partir de 12 de março, até que o caso esteja resolvido.

A russa, que venceu cinco torneios do 'Grand Slam', foi eliminada nos quartos de final do Open da Austrália, que se disputou no final de janeiro.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.