sicnot

Perfil

Desporto

Nadal está "cansado" das suspeitas de doping e pede "que se faça justiça"

O tenista espanhol Rafael Nadal disse no sábado estar "cansado" das suspeitas de doping que recaem sobre si e pediu "que se faça justiça" depois das acusações da ex-ministra francesa do Desporto Roselyne Bachelot.

© Naseem Mohammed Bny Huthil /

"Trabalhei arduamente em toda a minha carreira para conseguir os êxitos que tenho conseguido. Estou cansado de tudo isto e quero que se faça justiça", disse o atual número cinco do 'ranking' mundial à agência AFP.

Na terça-feira, durante um programa num canal televisivo francês, Bachelot acusou Nadal de se ter dopado e de ser essa a razão para a paragem do tenista por sete meses, em 2012, quando este alegou lesão.

"Eu? Podem perguntar à ITF [Federação Internacional de Ténis], ou à AMA [Agência Mundial Antidopagem]. Podem perguntar a toda a gente. Nunca me dopei nem nunca o farei", assegurou o ex-número um mundial, que disputa o torneio de Indian Wells, nos Estados Unidos.

Ainda no 'rescaldo' da notícia do controlo positivo da russa Maria Sharapova, que acusou doping no último Open da Austrália, Nadal assegurou que o ténis "é um desporto limpo".

"O nosso desporto não está a encobrir atletas que recorrem ao doping. Estou farto [das suspeitas]", insistiu o espanhol.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.