sicnot

Perfil

Desporto

Primeiro-ministro francês contra regresso de Benzema à seleção

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, considerou hoje que o futebolista Karim Benzema não deve representar a seleção gaulesa até estar completamente esclarecido o seu envolvimento num caso de chantagem.

© Stephane Mahe / Reuters

"Acho que ainda não há condições para Karim Benzema voltar à seleção francesa. Ele ainda está a ser investigado" disse Manuel Valls, em declarações à rádio RMC.

Karim Benzema, companheiro dos internacionais portugueses Pepe e Cristiano Ronaldo nos Real Madrid, foi formalmente acusado em novembro de "cumplicidade na tentativa de chantagem" e conspiração em ato criminal, ao seu colega de seleção Mathieu Valbuena, punível com um mínimo de cinco anos de prisão.

No entanto, na passada sexta-feira, foram levantadas parte das restrições legais que tinham sido impostas a Benzema, entre as quais a de poder voltar a contactar com Valbuena.

"Para os jovens, um grande desportista deve um exemplo, deixar uma herança. Por isso, devemos ter muito cuidado com as nossas decisões", afirmou Valls.

Na segunda-feira, também o ministro do Desporto francês, Patrick Kanner, considerou que ainda não estão reunidas as condições para o avançado Karim Benzema voltar a representar a seleção gaulesa de futebol.

No início de março, o selecionador Didier Deschamps não foi claro quanto à possibilidade de chamar o jogador para o Europeu que a França vai disputar em casa e que decorre entre 10 de junho e 10 de julho.

"Se tivesse de fazer hoje uma lista, seria muito clara nas opções, mas talvez não fosse a mesma que apresentarei a 12 de maio", disse Deschmaps, a 03 de março, acrescentando: "No dia de hoje, Benzema não é selecionável. Valbuena sempre o foi", disse.

Lusa