sicnot

Perfil

Desporto

Primeiro-ministro francês contra regresso de Benzema à seleção

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, considerou hoje que o futebolista Karim Benzema não deve representar a seleção gaulesa até estar completamente esclarecido o seu envolvimento num caso de chantagem.

© Stephane Mahe / Reuters

"Acho que ainda não há condições para Karim Benzema voltar à seleção francesa. Ele ainda está a ser investigado" disse Manuel Valls, em declarações à rádio RMC.

Karim Benzema, companheiro dos internacionais portugueses Pepe e Cristiano Ronaldo nos Real Madrid, foi formalmente acusado em novembro de "cumplicidade na tentativa de chantagem" e conspiração em ato criminal, ao seu colega de seleção Mathieu Valbuena, punível com um mínimo de cinco anos de prisão.

No entanto, na passada sexta-feira, foram levantadas parte das restrições legais que tinham sido impostas a Benzema, entre as quais a de poder voltar a contactar com Valbuena.

"Para os jovens, um grande desportista deve um exemplo, deixar uma herança. Por isso, devemos ter muito cuidado com as nossas decisões", afirmou Valls.

Na segunda-feira, também o ministro do Desporto francês, Patrick Kanner, considerou que ainda não estão reunidas as condições para o avançado Karim Benzema voltar a representar a seleção gaulesa de futebol.

No início de março, o selecionador Didier Deschamps não foi claro quanto à possibilidade de chamar o jogador para o Europeu que a França vai disputar em casa e que decorre entre 10 de junho e 10 de julho.

"Se tivesse de fazer hoje uma lista, seria muito clara nas opções, mas talvez não fosse a mesma que apresentarei a 12 de maio", disse Deschmaps, a 03 de março, acrescentando: "No dia de hoje, Benzema não é selecionável. Valbuena sempre o foi", disse.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52