sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre procedimentos disciplinares ao Manchester United e Liverpool

Manchester United e Liverpool enfrentam processos da UEFA, na sequência de distúrbios entre os adeptos dos dois clubes, nos oitavos de final da Liga Europa em futebol, anunciou o organismo europeu de futebol.

© Reuters Staff / Reuters

Devido aos incidentes na quinta-feira foram detidos cinco adeptos, verificando-se confrontos nas bancadas de Old Trafford e o arremesso de tochas e outros objetivos.

O Liverpool acabou por eliminar os red devils, num jogo que terminou empatado a 1-1, depois de ter vencido na primeira mão por 2-0.

O Manchester United, tal como os visitantes, é acusado devido a distúrbios dos adeptos e arremesso de objetos, mas também por escadas bloqueadas, o que infringe as normas de segurança da UEFA.

Quanto ao Liverpool, tem igualmente acusações relativas a cânticos ofensivos dos seus adeptos.

Na nota, a UEFA não teve em conta os cânticos dos adeptos do Manchester United, alusivos à tragédia de Hillsborough, em 1989, quando 96 adeptos dos reds morreram esmagados devido a uma sobrelotação do estádio Hillsborough, em Sheffield.

As acusações aos dois clubes serão alvo de análise na reunião de 19 de maio da Comissão de Controlo, Disciplina e Ética da UEFA.

Lusa

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.