sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo e Mourinho apoiam recandidatura de Fernando Gomes à FPF

O capitão da seleção portuguesa Cristiano Ronaldo e o treinador português José Mourinho são as mais recentes personalidades a apoiar a recandidatura de Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol.

Fernando Gomes foi hospitalizado no Luxemburgo, depois de uma indisposição, razão pela qual não marcou presença no jogo entre as seleções dos dois países. Fonte federativa informou que o dirigente ficará acompanhado no Luxemburgo com o médico da seleção. (Arquivo)

Fernando Gomes foi hospitalizado no Luxemburgo, depois de uma indisposição, razão pela qual não marcou presença no jogo entre as seleções dos dois países. Fonte federativa informou que o dirigente ficará acompanhado no Luxemburgo com o médico da seleção. (Arquivo)

SIC

"O Dr. Fernando Gomes personifica um presidente competente, com uma capacidade de trabalho e um capital de credibilidade que o futebol português não deve desperdiçar. No estrangeiro, o seu prestígio sente-se muito bem em qualquer país onde nos desloquemos", expressou hoje o treinador português, atualmente sem clube.

Vencedor de duas edições da Liga dos Campeões, em 2004 e 2010, pelo FC Porto e Inter de Milão, respetivamente, Mourinho relevou o apoio dado há quatro anos, consolidado agora com a concretização da obra Cidade do Futebol, centro que reunirá, no mesmo espaço, todas as seleções portuguesas.

"Há quatro anos pareceu-me claramente uma ótima solução para a Federação. Conheço-o bem e o que desenvolveu neste mandato mostra bem que a escolha foi acertada. Se não fosse por mais, e foi muito mais, só o facto de finalmente abrir a Cidade do Futebol já seria razão para voltar a apoiá-lo", concluiu.

José Mourinho juntou-se assim ao capitão da seleção nacional portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, que também hoje expressara o apoio a Fernando Gomes.

"Fernando Gomes é um exemplo enquanto profissional e como ser humano. Com ele, a FPF ganhou uma dimensão internacional que faltava trabalhar", justificou o número sete da equipa das quinas, garantindo ter "uma relação excelente" com o ex-presidente da Liga e, agora, candidato a segundo mandato na federação.

O futebolista, eleito três vezes como melhor jogador do mundo, junta-se a uma extensa lista de apoiantes, entre os quais 33 dos 37 clubes da I e II Ligas de futebol (as equipas B não são contabilizadas para o efeito) e 22 associações distritais do país.

As eleições para a Federação Portuguesa de Futebol realizam-se a 04 de junho.

Com Lusa

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.