sicnot

Perfil

Desporto

Higuaín com castigo de quatro jogos pode atrasar-se na Bota de Ouro

O futebolista argentino Gonzalo Higuaín pode atrasar-se na corrida à Bota de Ouro, que lidera a par do 'benfiquista' Jonas, depois de hoje ter sido castigado com quatro jogos de suspensão.

CESARE ABBATE

A justiça desportiva italiana decidiu aplicar quatro jogos ao avançado, um pelo duplo amarelo e expulsão no jogo de domingo com a Udinese (derrota por 3-1) e três pelos protestos e empurrão que deu ao árbitro, após a exclusão.

O avançado, que soma os mesmos 30 golos de Jonas na liderança dos melhores marcadores europeus, à frente de Cristiano Ronaldo, com 29, viu no domingo o segundo amarelo aos 74 minutos e não reagiu bem.

O árbitro mostrou-lhe o cartão após uma falta sobre o brasileiro Felipe, num jogo que já estava 3-1 e no qual Higuaín marcara o único golo dos napolitanos, mas o avançado reagiu da pior maneira, empurrando o árbitro, entre insultos.

Num caso semelhante em 2014, o espanhol Borja Valero, da Fiorentina, foi castigado com quatro jogos, depois de também ter empurrado o árbitro, mas o clube toscano apresentou recurso e o castigo acabou por ser reduzido para três jogos.

Para já Higuaín poderá falhar os jogos da Série A frente a Verona, Inter de Milão, Bolonha e Roma, e disputar apenas os três últimos (Atalanta, Torino e Frosinone), enquanto Jonas ainda terá seis jogos na I Liga portuguesa.

Cristiano Ronaldo, que leva 29 golos no Real Madrid na Liga espanhola, poderá também colher grandes benefícios, tendo em conta que o avançado português tem sete jogos por disputar.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas