sicnot

Perfil

Desporto

Jogadores da Académica têm de "morrer em campo" para pontuar com o Benfica

O médio da Académica Pedro Nuno disse hoje que os "estudantes" têm de "morrer em campo" para pontuar na receção de sábado ao Benfica, da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

PAULO NOVAIS / Lusa

"Nós vamos dar o nosso melhor, como é óbvio. Apesar da posição que ocupamos na tabela classificativa [17.º e penúltimo lugar], sabemos o valor que temos e do que somos capazes de fazer. A situação não é fácil e queremos sair dos lugares perigosos o mais depressa possível", disse o jovem jogador, na antevisão à partida.

O médio, que na última jornada foi titular em Arouca, na derrota por 3-2, em que apontou um golo pelos 'estudantes', considerou que "não é fácil" a partida com o líder do campeonato, mas disse que a 'briosa' vai entrar para ganhar.

"O Benfica também precisa de pontos para chegar ao título e vão entrar com tudo, por isso temos de dar o nosso melhor e, se preciso, 'morrer em campo', pois se fizermos bem o nosso trabalho vamos conseguir pontuar", referiu Pedro Nuno, que nas camadas jovens representou os 'encarnados'.

A Académica, 17.ª e penúltima classificada, com 23 pontos, e o Benfica, líder do campeonato, com 70, defrontam-se no sábado, a partir das 18:30, no Estádio Cidade de Coimbra, com arbitragem de João Capela, da Associação de Futebol de Lisboa.

Lusa

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.