sicnot

Perfil

Desporto

Alfredo Hawit assume-se culpado no escândalo de suborno da FIFA

Alfredo Hawit, antigo vice presidente da FIFA, declarou-se culpado no escândalo de suborno da FIFA sobre direitos de transmissão.

Mark Lennihan

Hawit, de 64 anos, declarou-se esta segunda-feira culpado de quatro acusações de conspiração no âmbito da investigação, que envolve a FIFA, sobre suborno no valor de centenas de milhares de dólares ligados à venda de direitos de transmissão para torneios na América Latina.

A Justiça dos Estados Unidos investiga o caso que envolve mais de 40 pessoas em todo o mundo e centenas de milhões de dólares em pagamentos ilegais nos últimos 25 anos.

Alfredo Hawit foi também presidente interino da CONCACAF, desde junho do ano passado até 3 de dezembro, altura em que foi preso.

Hawit foi extraditado da Suíça para os Estados Unidos no início deste ano.

  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11