sicnot

Perfil

Desporto

Alfredo Hawit assume-se culpado no escândalo de suborno da FIFA

Alfredo Hawit, antigo vice presidente da FIFA, declarou-se culpado no escândalo de suborno da FIFA sobre direitos de transmissão.

Mark Lennihan

Hawit, de 64 anos, declarou-se esta segunda-feira culpado de quatro acusações de conspiração no âmbito da investigação, que envolve a FIFA, sobre suborno no valor de centenas de milhares de dólares ligados à venda de direitos de transmissão para torneios na América Latina.

A Justiça dos Estados Unidos investiga o caso que envolve mais de 40 pessoas em todo o mundo e centenas de milhões de dólares em pagamentos ilegais nos últimos 25 anos.

Alfredo Hawit foi também presidente interino da CONCACAF, desde junho do ano passado até 3 de dezembro, altura em que foi preso.

Hawit foi extraditado da Suíça para os Estados Unidos no início deste ano.

  • Duas mulheres morrem com gripe A na Madeira
    1:01

    País

    Duas mulheres, de 59 e 57 anos, morreram com o vírus da gripe A nos cuidados intensivos do Hospital Central do Funchal, na Madeira. Há pelo menos sete pessoas internadas por infecção, duas estão nos cuidados intensivos.

  • Agressões e rascismo em escola de Portimão
    3:06