sicnot

Perfil

Desporto

Nélson Évora ambiciona atingir 18 metros nos Jogos Olímpicos Rio2016

Nélson Évora, campeão olímpico do triplo salto em Pequim2008, manifestou hoje o desejo de atingir a marca dos 18 metros nos Jogos Olímpicos do Rio2016, garantindo que se apresentará na melhor forma.

© Phil Noble / Reuters

"O momento alto deste ano serão os Jogos do Rio. Convém que salte muitas vezes os 17 metros, mas eu quero mesmo é chegar aos 18. Sinto-me bem, forte e acredito que o resultado final vai ser bom", disse Nélson Évora à margem da assinatura de um protocolo com um concessionário de uma marca automóvel.

Tendo como melhor marca do ano os 16,89 alcançados em março nos Mundiais de pista coberta, em Portland (EUA), o atleta do Benfica não duvida das suas capacidades, referindo que se encontra a preparar os Jogos Olímpicos Rio2016 de uma forma muito exigente.

"Estou numa altura de muito volume, na reta final para estes Jogos. Procuro manter a motivação e a concentração nos níveis máximos e, para mim, isso não é um problema", explicou o campeão olímpico de 2008.

Nelson Évora realçou que o apoio da família e da equipa técnica é "espetacular", reiterando a "motivação" que estes lhe transitem sempre que representa as cores nacionais.

Sobre a parceria assinada com a CS Santos VP, concessionária da Mercedes, o atleta de 31 anos mostrou-se orgulhoso, destacando o facto de este tipo de iniciativas não se limitar apenas ao futebol.

"É uma grande honra para mim estar associado a esta marca, pois significa o reconhecimento do meu trabalho. É mais uma vitória e surge na altura ideal. As pessoas devem reparar que não é só no futebol que acontecem este tipo de iniciativas", confessou.

A terminar, Nélson Évora deixou um recado para os atletas mais jovens: "Sejam ambiciosos e bastante humildes no seu percurso. Só assim conseguirão atingir aquilo que querem".

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.