sicnot

Perfil

Desporto

Adam Johnson recorre da sentença de prissão por assédio sexual a menor

O futebolista internacional inglês Adam Johnson recorreu hoje da sentença de seis anos de prisão por assédio sexual a uma menor de 15 anos, anúncio feito nas redes sociais.

© Andrew Yates / Reuters

"Adam interpôs recurso contra a sua punição. Obrigado a todos pelo apoio, que significa muito", escreveu, na página do facebook que segue o seu caso, no seguimento da sentença decretada pelo tribunal de Bradford, a 24 de março.

Johnson, de 28 anos, com quem o Sunderland rescindiu contrato na sequência deste processo, tinha admitido a acusação de ter beijado a menor e de a ter assediado através da internet, mas negou as outras duas acusações de atividade sexual com a rapariga.

O tribunal acabou por ilibar o jogador, que também representou o Middlesbrough, Leeds, Watford e Manchester City, em relação à mais grave das acusações de atividade sexual com a menor.

Segundo a imprensa britânica, Johnson, que foi igualmente condenado a pagar 63.000 euros ao Estado, fez um pedido para ser transferido em breve da prisão em West Yorkshire, de forma a ficar mais perto da família.

Os encontros entre Johnson e a menor ocorreram a 17 e 30 de janeiro do ano passado, depois de o ex-jogador do Sunderland ter começado a trocar mensagens nas redes sociais com a jovem, que deu a conhecer ao ex-internacional a sua idade.

Numa declaração lida pela polícia, a menor -- que não foi identificada -- afirmou sentir-se "usada" por Johnson.

A 11 de fevereiro, o Sunderland, que lhe pagava 76.000 euros por semana após o atleta ter sido libertado sob fiança, anunciou a rescisão "com efeitos imediatos" do contrato com o futebolista internacional inglês, atitude igualmente seguida pela Adidas, que o patrocinava, na sequência da sua confissão.

O caso motivou a demissão da diretora-executiva, Margaret Byrne, que lamentou a forma como geriu o caso, nomeadamente considerando que "a decisão de permitir que continuasse a representar o clube foi um erro grave".

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22