sicnot

Perfil

Desporto

Claudio Ranieri assume "boa relação" com José Mourinho

O treinador do Leicester, o italiano Claudio Ranieri, assumiu hoje o seu lado emotivo, revelado pelas lágrimas após o triunfo na visita ao Sunderland, bem como uma "boa relação" com José Mourinho.

© Reuters Staff / Reuters

"Foi um momento de emoção. Ver todas aquelas pessoas à nossa volta, famílias inteiras nos autocarros com as camisolas do Leicester que nos seguiram até Sunderland. Isso impressionou-me profundamente. É nestes casos que percebemos o que é o extraordinário poder do futebol. Quando o nosso desporto consegue este positivismo, não podemos ficar indiferentes", justificou.

Em entrevista à Gazzetta dello Sport, Ranieri explicou as lágrimas que correram mundo, após triunfo 2-0 em casa do Sunderland: os 'foxes' têm sete pontos de vantagem sobre o Tottenham, quando faltam cinco jornadas, 15 pontos em disputa.

"Interiormente, sinto-me profundamente latino, mas tenho um papel publico e tento ser sóbrio, dar sinais claros à minha equipa. Não posso deixar levar-me pelas emoções", completou, assumindo que agora é importante que os seus pupilos "mantenham a concentração" para alcançar inédito título.

Ranieri destaca a "força moral especial" da sua equipa, composta por "bons rapazes que estão a enfrentar com grande sentido de responsabilidade a história das suas vidas".

No mesmo trabalho do diário transalpino, Claudio Ranieri assume a "boa relação" com José Mourinho, recordando que o português lhe ligou quando este foi treinar o Inter em 2011/12, clube que o luso tinha dirigido de 2008 a 2010.

"Desde esse momento que nasceu uma boa relação. Conheço o José e ele conhece o Claudio", disse.

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.