sicnot

Perfil

Desporto

Lutador português morre após combate

O lutador português de MMA (Mixed Martial Arts) João Carvalho morreu após um combate em Dublin, no fim de semana.

João "Rafeiro" Carvalho estava a combater com o irlandês Charlie "The Hospital" Ward e caiu após sucessivos golpes. Foi assistido no local mas teve de ser levado para o hospital onde foi submetido a uma operação ao cérebro. Não resistiu e acabou por morrer na segunda-feira, aos 28 anos.

Na página de Facebook da equipa Nóbrega Team, publicada hoje, o agente Vítor Nóbrega dá conta do falecimento de João Carvalho.

"Nota falecimento
A Nobrega Team vem desta forma confirmar o falecimento do seu atleta Joao Carvalho, que ocorreu ontem à noite no Hospital Beaumont, em Dublin, pelas 21:35 horas. É com grande consternação e tristeza que escrevemos estas palavras, informando que o óbito do atleta João Carvalho aconteceu depois de 48 horas em estado crítico. "

Nota falecimento A Nobrega Team vem desta forma confirmar o falecimento do seu atleta Joao Carvalho, que ocorreu ontem...

Publicado por Nóbrega team em Terça-feira, 12 de Abril de 2016
  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.