sicnot

Perfil

Desporto

AMA registou 172 casos de doping por meldonium desde 1 de janeiro

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) contabilizou 172 casos de doping por meldonium, desde que a substância começou a fazer parte da lista de substâncias proibidas, no início do ano.

Ben Nichols, porta-voz da AMA afirmou que desde 1 de janeiro de 2016, data na qual o meldonium passou a ser interdito, houve 99 casos positivos registados.

Ben Nichols, porta-voz da AMA afirmou que desde 1 de janeiro de 2016, data na qual o meldonium passou a ser interdito, houve 99 casos positivos registados.

© Ints Kalnins / Reuters

A AMA avançou hoje com o novo total através da sua conta Twitter, sem detalhar a origem dos controlos positivos por país.

O meldonium foi desenvolvido por um laboratório letão e destinava-se inicialmente ao tratamento da diabetes e problemas cardíacos, tendo como efeito dopante o aumento da circulação sanguínea, o que o levou a ser bastante usado por desportistas, nomeadamente na Rússia e antigas repúblicas soviéticas.

  • Primeiras projeções dão vitória a Angela Merkel

    Mundo

    A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas deste domingo com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.