sicnot

Perfil

Desporto

Nadine Kessler abandona futebol aos 28 anos devido a lesão no joelho

A alemã Nadine Kessler, melhor futebolista do mundo em 2014, anunciou hoje o fim da carreira, aos 28 anos, devido às persistentes lesões no joelho.

Nadine Kessler, ao lado de Cristiano Ronaldo, quando foi eleita melhor futebolista em 2014

Nadine Kessler, ao lado de Cristiano Ronaldo, quando foi eleita melhor futebolista em 2014

© Ruben Sprich / Reuters

"É muito doloroso para mim ter de admitir que não posso continuar a minha carreira por motivos de saúde", afirmou a antiga médio do Wolfsburgo ao site da federação alemã na Internet.

Nadine Kessler conquistou um Europeu, em 2013, duas Ligas dos Campeões, em 2012/13 e 2013/14, numa final disputada no Estádio do Restelo, em Lisboa, e a Algarve Cup em 2014, além de quatro ligas alemãs, duas das quais ao serviço do Turbine Potsdam.

"No entanto, estou otimista sobre o futuro e grata por todos os maravilhosos momentos que tive com o meu país e o meu clube. Quero agradecer ao Wolfsburgo por todos os anos de fantásticos sucessos desportivos e as memórias inesquecíveis (...) sempre joguei futebol com grande paixão e carinho. Agora estou ansiosa por ter novos desafios", frisou Kessler, que foi também a melhor futebolista do Euro2013.

Kessler, que marcou 10 golos nas suas 29 internacionalizações, despede-se dos relvados depois de tentar recuperar de uma lesão no joelho durante 18 meses.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.