sicnot

Perfil

Desporto

Liga italiana reduz suspensão de Higuain de quatro para tês jogos

O Comité de Apelo da Liga italiana de futebol reduziu esta sexta-feira de quatro para três o número de jogos de suspensão impostos ao avançado internacional argentino Gonzalo Higuain, do Nápoles.

CESARE ABBATE

A penalização ao melhor marcador da prova, com 30 golos, surgiu na sequência da amostragem do segundo cartão amarelo e consequente expulsão por falta sobre o defesa Felipe na derrota com a Udinese.

Mais do que a falta, o duro castigo teve a ver com a reação do futebolista, que tocou no árbitro com as duas mãos, apontou-lhe o dedo e discutiu acesamente a sua decisão, numa atitude que motivou a intervenção de vários colegas de equipa para evitar males maiores.

Na defesa foi alegado que Higuain não insultou o árbitro, apenas lhe teria dito de que a sua decisão era "vergonhosa".

Depois de ter cumprido um jogo de suspensão no desafio com o Verona, vai falhar sábado a visita ao Inter e a receção ao Bolonha na terça-feira.

No entanto, vai participar a 25 de abril no desafio com a Roma, sobre quem tem seis pontos de avanço no segundo lugar, com o primeiro, a Juventus, à distância dos mesmos seis pontos.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.