sicnot

Perfil

Desporto

Ultramaratonista Carlos Sá termina Maratona das Areias em oitavo lugar

O português Carlos Sá caiu um lugar e terminou a Maratona das Areias em oitavo, depois de ter concluído hoje a quinta e última etapa no oitavo posto na corrida no deserto do Saara, em Marrocos.

© Lucy Nicholson / Reuters

O ultramaratonista de Barcelos concluiu os 42,2 quilómetros da derradeira etapa, entre Hassi Tarfa e Bou Makhlouf, em 3:39.46 horas, a 28.14 minutos do marroquino Abdelkader El Mouaziz, que foi o primeiro a destronar o compatriota Rachid El Morabity, terceiro hoje, mas vencedor da geral.

Carlos Sá concluiu a competição em 23:59.57 horas, a 2:58.36 de Morabity, que bateu os compatriotas Mouaziz e Aziz El Akad por 4.17 e 1:06.09, respetivamente.

Carlos Sá, que tem como melhores desempenhos na Maratona das Areias os quartos lugares em 2012 e 2014, anunciou antes da competição que esta poderia ser a derradeira participação na prova marroquina.

Numa prova com um recorde de 1.300 inscritos, Portugal esteve ainda representado por António Marinho, que foi 67.º, a 11:38.01, José Silva, 72.º, a 12:06.52, Carlos Soares, 179.º, a 21:57.01, e João Silveira, 189.º, a 22:19.55,

Lusa

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.