sicnot

Perfil

Desporto

Criador de meldonium diz que atletas usam substância para melhorar desempenho sexual

O cientista letão Ivars Kalvinsin, que desenvolveu o meldonium, assegurou hoje que os atletas masculinos tomaram a substância recentemente banida para melhorar o seu desempenho sexual.

© Ints Kalnins / Reuters

O meldonium, habitualmente recomendado para doenças cardíacas, foi proibido do desporto em 2016, tendo já sido detetado em 172 controlos antidoping, entre os quais o da tenista russa Maria Sharapova.

Kalvinsin afirmou que os atletas tomavam meldonium "não como um potenciador do desempenho desportivo, mas para melhorar o seu desempenho sexual".

Na última semana, a Agência Mundial Antidopagem (AMA) afirmou que os atletas podem a vir a ser ilibados, caso a presença do meldonium no seu organismo seja diminuta.

A substância meldonium ficou conhecida recentemente, quando a antiga líder do 'ranking' mundial de ténis Maria Sharapova revelou ter acusado um controlo positivo para este medicamento no decorrer do Open da Austrália.

Desenvolvida na década de 1970 na antiga União Soviética, a substância servia para proteger células cardíacas, sendo, sobretudo, comercializada nos países de leste, com o objetivo de melhorar a resistência.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.