sicnot

Perfil

Desporto

Criador de meldonium diz que atletas usam substância para melhorar desempenho sexual

O cientista letão Ivars Kalvinsin, que desenvolveu o meldonium, assegurou hoje que os atletas masculinos tomaram a substância recentemente banida para melhorar o seu desempenho sexual.

© Ints Kalnins / Reuters

O meldonium, habitualmente recomendado para doenças cardíacas, foi proibido do desporto em 2016, tendo já sido detetado em 172 controlos antidoping, entre os quais o da tenista russa Maria Sharapova.

Kalvinsin afirmou que os atletas tomavam meldonium "não como um potenciador do desempenho desportivo, mas para melhorar o seu desempenho sexual".

Na última semana, a Agência Mundial Antidopagem (AMA) afirmou que os atletas podem a vir a ser ilibados, caso a presença do meldonium no seu organismo seja diminuta.

A substância meldonium ficou conhecida recentemente, quando a antiga líder do 'ranking' mundial de ténis Maria Sharapova revelou ter acusado um controlo positivo para este medicamento no decorrer do Open da Austrália.

Desenvolvida na década de 1970 na antiga União Soviética, a substância servia para proteger células cardíacas, sendo, sobretudo, comercializada nos países de leste, com o objetivo de melhorar a resistência.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49