sicnot

Perfil

Desporto

Etíopes Lemi Berhanu e Atsede Baysa vencem maratona de Boston

Os atletas etíopes Lemi Berhanu, em masculinos, e Atsede Baysa , em femininos, conquistaram hoje a maratona de Boston, uma das seis provas do circuito mundial.

Atsede Baysa corta a meta da Maratona de Boston.

Atsede Baysa corta a meta da Maratona de Boston.

© USA Today Sports / Reuters

Primeiro com o tempo de 2:12.45 horas, Berhanu bateu os compatriotas Lelisa Desisa, duplo vencedor da prova e detentor do título, e Yemane Tsegay.

Desisa, vencedor da maratona de Boston em 2013 e 2015, cumpriu a distância em 2:13.32 horas, superando Tsegay, terceiro com o tempo de 2:14.02 horas.

Na vertente feminina, Atsede Baysa foi a melhor, ao correr a maratona em 2:29.19 horas.

Baysa, que já tinha vencido as maratonas de Paris (2009 e 2010) e de Chicago (2010 e 2012), superou a compatriota Tirfi Tsegaye, segunda com a marca de 2:30.03 horas, e a queniana Joyce Chepkirui, terceira com 2:30.50.

A detentora do título, a queniana Caroline Rotich, foi forçada a desistir devido a lesão antes de estarem cumpridos os primeiros dez quilómetros.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.